A Ford divulgou seu 20º Relatório Anual de Sustentabilidade, cujo tema é “Nosso futuro está em movimento”. (Veja o relatório completo em inglês – https://corporate.ford.com/microsites/sustainability-report-2018-19/index.html). Entre os objetivos da companhia para os próximos anos estão impulsionar o progresso humano, proporcionando mobilidade e acessibilidade para todos; tornar-se a empresa mais inclusiva e diversificada globalmente; usar matérias-primas vindas de fontes responsáveis e somente plásticos reciclados e renováveis nos veículos globalmente.

“O relatório deste ano é particularmente especial. Enquanto olhamos para trás e celebramos 20 anos de progresso, também estamos ansiosos para nos preparar para o futuro, comprometendo-nos com novas metas ambiciosas que terão impacto positivo em nossa empresa, comunidades onde vivemos e trabalhamos e no planeta”, afirma Kim Pittel, vice-presidente de Sustentabilidade e Meio Ambiente da Ford.

A Ford também compromete-se com novos objetivos de sustentabilidade que a ajudarão a atingir suas metas:

• Usar 100% de energia renovável em todas as unidades de manufatura globalmente até 2035;
• Continuar a fazer a sua parte para reduzir as emissões de CO2 conforme o Acordo Climático de Paris, sendo que o primeiro Relatório de Cenário sobre Mudanças Climáticas, publicado em conjunto com o Relatório de Sustentabilidade, detalha a visão da empresa para a transição para uma economia de baixo carbono e resiliência na gestão do risco climático no futuro;
• Eliminar os plásticos de uso único (que não são recicláveis) das operações até 2030.

Além disso, a Ford lançou oficialmente um programa social dedicado a empoderar mulheres para criar impacto positivo nas suas comunidades por meio de serviços de mobilidade. Chamada de SHE-MOVES – acrônimo em inglês que significa “Fortalecendo-a: Mobilizando Empreendimentos para Inovação Social” –, a iniciativa é feita em conjunto com o Ford Fund, braço filantrópico da empresa. As ações terão início com mulheres na Índia, Nigéria e África do Sul.

Na Índia, a Zaclon India Pvt. Ltd. treina mais de 40 mulheres para dirigir e fazer a manutenção de veículos e as ajuda na colocação profissional. Na Nigéria, a Shuttlers, que atua na área de transporte especializado, já atendeu cerca de 600 mulheres em um ano. E na África do Sul, a Fundação Uhambo dá apoio, educação e transporte a pessoas com deficiência e promove o desenvolvimento de lideranças para as mães.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Executivas assumem novas funções de liderança em áreas estratégicas da Fiat Chrysler Automóveis na América Latina

Cristiani Campos assume Diretoria de Desenvolvimento de Novos Negócios; Cristiane Paixão a…