A marca Jeep escolheu o Salão do Automóvel de Paris de 2014 para apresentar duas novidades: a edição limitada Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor e a série especial Jeep Wrangler Unlimited X Package. Também brilharão no estande o novo Jeep Renegade, o primeiro SUV compacto da marca, a ser vendido em mais de 100 países (e com produção confirmada para o Brasil em 2015), além do novo Jeep Cherokee.
 
Liberdade, autenticidade, paixão e desejo de explorar novos horizontes são as virtudes de todos os produtos da Jeep. Elas certamente contribuíram para a considerável fase de crescimento na Europa: 48,1% em julho e 45,2% em agosto. No acumulado dos primeiros oito meses do ano, a Jeep emplacou quase 22 mil veículos, 44,7% a mais do que no mesmo período de 2013.
 
Jeep Renegade, o cidadão do mundo que muda as regras
 
\"\"
 
Está chegando aos showrooms da região EMEA (Europa, Oriente Médio e África) o novo Jeep Renegade, o primeiro produto da Fiat Chrysler Automobiles a ingressar no segmento de SUVs compactos. Variando de acordo com cada mercado, a gama do modelo é formada por até quatro versões – Sport, Longitude, Limited and Trailhawk –, com preços partindo de menos de € 20 mil na configuração Sport 1.6 E.torQ, de 110 cv.
 
Produzido na renovada fábrica da SATA em Melfi, na Itália, e prestes a ser vendido em mais de 100 países, incluindo os Estados Unidos, o novo cidadão do mundo tem forte personalidade visual e o tamanho certo para rodar na cidade e nas trilhas fora de estrada. Ele entrega a melhor capacidade off-road do segmento, excelente comportamento dinâmico, o exclusivo (na categoria) câmbio automático de nove marchas, dois sistemas de tração 4×4, motores eficientes e muitos recursos de segurança.
 
Entre todas as regiões do EMEA, serão disponíveis 12 combinações entre motores, câmbios e trações: MultiAir2 1.4 turbo, gasolina, de 140 cv com Stop&Start, câmbio manual de seis marchas e tração 4×2; MultiAir 2 1.4 turbo, gasolina, de 170 cv, câmbio automático de nove marchas e tração 4×4; MultiJet II 1.6 turbo, diesel, de 120 cv com Stop&Start, câmbio manual de seis marchas e tração 4×2; MultiJet II 2.0 turbo, diesel, de 140 cv ou 170 cv, com Stop&Start, câmbio automático de nove marchas ou manual de seis e tração 4×4 e o E.torQ 1.6, gasolina, de 110 cv com Stop&Start, câmbio manual de cinco marchas e tração 4×2.
 
Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor
 
\"\"
 
A primeira estreia parisiense da Jeep é a série especial Red Vapor do Grand Cherokee SRT, o Jeep mais potente e rápido já feito. O estilo é ainda mais arrojado que o normal, com rodas “Goliath” de 20 polegadas pintadas de preto brilhante, mesmo acabamento dos logos espalhados pela carroceria. Há ainda toques em vermelho Radar ou cromados que enfatizam o visual mais “nervoso”.
 
Outra peculiaridade do Grand Cherokee SRT Red Vapor é a introdução da tecnologia de cancelamento ativo de ruído (ANC), que transporta para a cabine o clássico som do poderoso HEMI V8 6.4 (de 468 cv de potência e 63,6 kgfm de torque). Aliás, o sistema de áudio, da Harman Kardon, é outro destaque desse veloz SUV, com 19 alto-falantes e 825 watts de potência.
 
Mas quem fala mais alto é mesmo o HEMI, que tem a tecnologia Fuel Saver, para reduzir consumo e emissões. Ele leva o Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor de 0 a 100 km/h em 5 segundos e à velocidade máxima de 257 km/h. Na hora de parar, os freios Brembo estancam de 100 km/h à imobilidade em apenas 35 metros. Para completar, as suspensões têm amortecedores adaptativos da Bilstein.
 
Jeep Wrangler Unlimited Rubicon Stealth
 
\"\"
 
A Jeep “moparizou” o Wrangler, exclusivamente para ser exibido no Salão de Paris e funcionar como vitrine para os acessórios originais da Mopar. Trata-se do Jeep Wrangler Unlimited Rubicon Stealth. Ele mostra algumas modificações mais radicais, para a prática de off-road mais pesado, como o kit de elevação, os pneus de 37 polegadas e os para-choques menores. O design também não foi esquecido, com o capô especial e a iluminação por LEDs.
 
Novo Jeep Cherokee
 
\"\"
 
A nova geração do Jeep Cherokee também vai desfilar na passarela de Paris, oferecendo design inovador, marcado por linhas fluidas, excelente comportamento dinâmico no asfalto, a lendária capacidade 4×4 da marca, cabines bem acabadas, com muito conteúdo tecnológico, além de novos níveis de eficiência, entretenimento a bordo, conforto e segurança “cinco-estrelas” aos ocupantes, fazendo do Cherokee o SUV mais seguro de sua categoria, conforme o EuroNCAP.
 
O público poderá admirar a versão Trailhawk, equipada com o potente e eficiente Pentastar V6 3.2 de 272 cv, combinado ao novo câmbio automático de nove marchas. Com a pintura externa na vibrante cor Mango Tango e interior preto, o modelo conta com um acessório Mopar que logo estará no mercado: o “Map Hood Decal”, um adesivo grande para o capô que representa o mapa da cidade que o cliente escolher.
 
O Jeep Cherokee tem três sistemas de tração, o Jeep Active Drive I, Jeep Active Drive II e Jeep Active Drive Lock, para garantir o melhor potencial em qualquer situação. O renovado SUV é o primeiro veículo com desconexão do eixo traseiro, reduzindo perdas de energia quando a capacidade 4×4 não é necessária, também aumento a economia de combustível.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
A marca Jeep escolheu o Salão do Automóvel de Paris de 2014 para apresentar duas novidades: a edição limitada Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor e a série especial Jeep Wrangler Unlimited X Package. Também brilharão no estande o novo Jeep Renegade, o primeiro SUV compacto da marca, a ser vendido em mais de 100 países (e com produção confirmada para o Brasil em 2015), além do novo Jeep Cherokee.
 
Liberdade, autenticidade, paixão e desejo de explorar novos horizontes são as virtudes de todos os produtos da Jeep. Elas certamente contribuíram para a considerável fase de crescimento na Europa: 48,1% em julho e 45,2% em agosto. No acumulado dos primeiros oito meses do ano, a Jeep emplacou quase 22 mil veículos, 44,7% a mais do que no mesmo período de 2013.
 
Jeep Renegade, o cidadão do mundo que muda as regras
 
\"\"
 
Está chegando aos showrooms da região EMEA (Europa, Oriente Médio e África) o novo Jeep Renegade, o primeiro produto da Fiat Chrysler Automobiles a ingressar no segmento de SUVs compactos. Variando de acordo com cada mercado, a gama do modelo é formada por até quatro versões – Sport, Longitude, Limited and Trailhawk –, com preços partindo de menos de € 20 mil na configuração Sport 1.6 E.torQ, de 110 cv.
 
Produzido na renovada fábrica da SATA em Melfi, na Itália, e prestes a ser vendido em mais de 100 países, incluindo os Estados Unidos, o novo cidadão do mundo tem forte personalidade visual e o tamanho certo para rodar na cidade e nas trilhas fora de estrada. Ele entrega a melhor capacidade off-road do segmento, excelente comportamento dinâmico, o exclusivo (na categoria) câmbio automático de nove marchas, dois sistemas de tração 4×4, motores eficientes e muitos recursos de segurança.
 
Entre todas as regiões do EMEA, serão disponíveis 12 combinações entre motores, câmbios e trações: MultiAir2 1.4 turbo, gasolina, de 140 cv com Stop&Start, câmbio manual de seis marchas e tração 4×2; MultiAir 2 1.4 turbo, gasolina, de 170 cv, câmbio automático de nove marchas e tração 4×4; MultiJet II 1.6 turbo, diesel, de 120 cv com Stop&Start, câmbio manual de seis marchas e tração 4×2; MultiJet II 2.0 turbo, diesel, de 140 cv ou 170 cv, com Stop&Start, câmbio automático de nove marchas ou manual de seis e tração 4×4 e o E.torQ 1.6, gasolina, de 110 cv com Stop&Start, câmbio manual de cinco marchas e tração 4×2.
 
Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor
 
\"\"
 
A primeira estreia parisiense da Jeep é a série especial Red Vapor do Grand Cherokee SRT, o Jeep mais potente e rápido já feito. O estilo é ainda mais arrojado que o normal, com rodas “Goliath” de 20 polegadas pintadas de preto brilhante, mesmo acabamento dos logos espalhados pela carroceria. Há ainda toques em vermelho Radar ou cromados que enfatizam o visual mais “nervoso”.
 
Outra peculiaridade do Grand Cherokee SRT Red Vapor é a introdução da tecnologia de cancelamento ativo de ruído (ANC), que transporta para a cabine o clássico som do poderoso HEMI V8 6.4 (de 468 cv de potência e 63,6 kgfm de torque). Aliás, o sistema de áudio, da Harman Kardon, é outro destaque desse veloz SUV, com 19 alto-falantes e 825 watts de potência.
 
Mas quem fala mais alto é mesmo o HEMI, que tem a tecnologia Fuel Saver, para reduzir consumo e emissões. Ele leva o Jeep Grand Cherokee SRT Red Vapor de 0 a 100 km/h em 5 segundos e à velocidade máxima de 257 km/h. Na hora de parar, os freios Brembo estancam de 100 km/h à imobilidade em apenas 35 metros. Para completar, as suspensões têm amortecedores adaptativos da Bilstein.
 
Jeep Wrangler Unlimited Rubicon Stealth
 
\"\"
 
A Jeep “moparizou” o Wrangler, exclusivamente para ser exibido no Salão de Paris e funcionar como vitrine para os acessórios originais da Mopar. Trata-se do Jeep Wrangler Unlimited Rubicon Stealth. Ele mostra algumas modificações mais radicais, para a prática de off-road mais pesado, como o kit de elevação, os pneus de 37 polegadas e os para-choques menores. O design também não foi esquecido, com o capô especial e a iluminação por LEDs.
 
Novo Jeep Cherokee
 
\"\"
 
A nova geração do Jeep Cherokee também vai desfilar na passarela de Paris, oferecendo design inovador, marcado por linhas fluidas, excelente comportamento dinâmico no asfalto, a lendária capacidade 4×4 da marca, cabines bem acabadas, com muito conteúdo tecnológico, além de novos níveis de eficiência, entretenimento a bordo, conforto e segurança “cinco-estrelas” aos ocupantes, fazendo do Cherokee o SUV mais seguro de sua categoria, conforme o EuroNCAP.
 
O público poderá admirar a versão Trailhawk, equipada com o potente e eficiente Pentastar V6 3.2 de 272 cv, combinado ao novo câmbio automático de nove marchas. Com a pintura externa na vibrante cor Mango Tango e interior preto, o modelo conta com um acessório Mopar que logo estará no mercado: o “Map Hood Decal”, um adesivo grande para o capô que representa o mapa da cidade que o cliente escolher.
 
O Jeep Cherokee tem três sistemas de tração, o Jeep Active Drive I, Jeep Active Drive II e Jeep Active Drive Lock, para garantir o melhor potencial em qualquer situação. O renovado SUV é o primeiro veículo com desconexão do eixo traseiro, reduzindo perdas de energia quando a capacidade 4×4 não é necessária, também aumento a economia de combustível.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…