De acordo com dados do Boletim Informativo de monitoramento de acidentes de trânsito em Teresina, do Projeto Vida no Trânsito, o maior número de vítimas fatais nos anos de 2013 e 2014 está no segundo trimestre, sendo 52 e 60 vítimas fatais respectivamente, mantendo as tendências de redução nos trimestres seguintes.
O boletim mostra ainda que a maioria das vítimas fatais no ano de 2014 são motociclistas (58,5%), seguidos de pedestres que correspondem a 19,1%.
Segundo a gerente de Educação de Trânsito da Strans, Samyra Motta, o boletim é um documento que mostra o resumo dos acidentes que aconteceram em 2014 e também um comparativo entre os dados de 2013 e 2014. Esses dados mostram o resultado do trabalho realizado e oferecem uma orientação para nortear as ações de engenharia, educação e fiscalização a serem implementadas na cidade. “O boletim mostra o mau comportamento dos nossos condutores, como também a necessidade de mudar as suas atitudes no trânsito, pois somente assim, conseguiremos reduzir os acidentes e mortes no trânsito que é o nosso maior objetivo”, acrescentou.
Outro dado relevante apresentado pelo boletim é que os homens ainda representam a maioria das vítimas fatais com 85,7% e graves com 83,4%. Nas vítimas fatais os motociclistas e pedestres apresentam respectivamente, menor (34,1 anos) e maior (58,7 anos) na média de idade. Ainda é confirmada a informação de que os maiores percentuais de acidentes fatais e graves acontecem nos fins de semana (sábado e domingo), principalmente nos turno tarde e noite.
No que diz respeito à ingestão de álcool e ausência de uso de capacete em motociclistas houve uma redução de 2013 a 2014 nos fatais e graves, Em 2013 33,3% das vítimas fatais tinham suspeita de ingestão de bebida alcoólica, caindo para 22,6% em 2014. Já ausência do uso de capacete em motociclistas que foram a óbito caiu de 64,7% para 37,0%, respectivamente de 2013 a 2014.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Empresas do Espítito Santo vão operar primeiro ônibus 100% elétrico da BYD

Veículo BYD tem 350km de autonomia e é pioneiro no segmento O primeiro ônibus elétrico par…