O caminhão atinge também até 240 km/h nos autódromos

No próximo domingo, os caminhões Mercedes-Benz Actros 2646 disputam a sexta etapa da Copa Truck 2019 na cidade de Rivera, em Uruguai. Os brutos da equipe AM Motorsport estarão no Autódromo Internacional Eduardo P. Cabrera pilotados por André Marques, Wellington Cirino e Débora Rodrigues.

Nas pistas dos autódromos, o motor eletrônico Mercedes-Benz alcança a elevada potência de 1.250 cv a 3.500 rpm, quase três vezes mais em relação aos 460 cv a 1.900 rpm do Actros de série. O torque máximo chega a 5.500 Nm a 2.000 rpm nas competições, mais que o dobro dos 2.300 Nm a 1.100 rpm da aplicação nas estradas. Ou seja, o Actros despeja muita potência para obter altas velocidades nas pistas de competição e utiliza o alto torque para ultrapassagens e retomadas.

Segundo Ari de Carvalho, diretor de Vendas e Marketing Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil, a Copa Truck reune a paixão por caminhões com a adrenalina e a emoção das acirradas disputas entre pilotos e marcas nas pistas. “Nesse ambiente esportivo, o Actros atinge até 240 km/h nos autódromos e o piloto pode perceber toda a força, alta performance, robustez, resistência e confiabilidade que são amplamente reconhecidos pelos motoristas no transporte de cargas. Este campeonato é uma vitrine muito especial, que atrai um grande público, reforçando ainda mais a imagem da Mercedes-Benz como marca top of mind em caminhões no País”, afirma o executivo.

Actros recebem preparações especiais para as corridas de caminhão

Além das adequações no motor, os Actros passam por uma preparação muito específica para as disputas na pista, com modificações no trem de força, chassi e cabina. Os caminhões de competição recebem, por exemplo, diversas alterações na suspensão, aerodinâmica e freios, otimizando assim o aproveitamento da força do motor. Isso assegura mais rapidez nas pistas, com velocidades maiores e retomadas mais agressivas. Essa vantagem é muito importante especialmente nas curvas.

Entre as mudanças, destacam-se ainda a menor distância entre o solo e o chassi, rebaixamento do para-choque, suspensão especial e redução da distância entre eixos. A estrutura do para-choque e a carenagem lateral são projetadas para adequar a aerodinâmica ao caminhão de corrida, bem como a refrigeração dos freios, pneus e amortecedores. Já a segurança é garantida pelos freios a disco nas quatro rodas, com sistema especial de resfriamento a água e ar.

A cabina do caminhão também é totalmente reconfigurada. Ela é menor e recebe banco tipo concha para competições, e também o santantonio, barras de proteção que contribuem para a segurança do piloto. Outra mudança na cabina é o painel de instrumentos, que ganha uma configuração específica para provas com destaque para conta-giros e níveis de água e óleo.

A Mercedes-Benz fornece as peças de reposição para os modelos Actros utilizados nas corridas, especialmente dos motores, que são retrabalhados a cada etapa.

Transmissões ao vivo pela TV e Internet

A Copa Truck é transmitida pelo canal SporTV 2, com link também pelo site www.copatruck.com.br.

Os treinos livres são realizados na sexta-feira, com treinos de classificação no sábado e a prova no domingo, por volta das 13h, sendo realizada em duas etapas.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Cerca de 80% dos Onix Plus envolvidos no recall já estão reparados

Devido ao feriado prolongado, diversas oficinas autorizadas da marca trabalharão em caráte…