Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
A Aliança Renault-Nissan e a Dongfeng Motor Group Co., Ltd. (Dongfeng) anunciaram a criação de uma nova joint-venture para o desenvolvimento e venda de veículos elétricos (EVs) na China. A nova empresa, a eGT New Energy Automotive Co., Ltd. (eGT), concentrará sua atuação nas principais competências de cada parceiro, aproveitando todo o potencial da liderança dos veículos elétricos da Aliança Renault-Nissan, bem como os recursos da Dongfeng no novo setor de energia, para atender às expectativas do mercado chinês.
A eGT irá projetar um novo modelo de veículo elétrico com interconectividade inteligente, que estará em linha com as expectativas dos clientes chineses. Será desenvolvido conjuntamente pela Alliance e Dongfeng em uma plataforma de utilitário esportivo da Aliança Renault-Nissan. O veículo inédito vai ser baseado na liderança global em tecnologias EV da Aliança e nos custos de produção competitivos da Dongfeng.
“O estabelecimento da nova joint-venture com a Dongfeng confirma nosso compromisso comum em desenvolver veículos elétricos competitivos para o mercado chinês”, disse Carlos Ghosn, presidente e diretor-executivo da Aliança Renault-Nissan. “Estamos confiantes em atender às expectativas dos clientes chineses e fortalecer nossa posição global de liderança de veículos elétricos”.
“Este projeto é o resultado de um esforço conjunto para desenvolver veículos elétricos para o mercado chinês pelo Triângulo de Ouro, formado por Dongfeng, Renault e Nissan, com um modelo de negócios inovador”, disse Zhu Yanfeng, presidente da Dongfeng. “Esperamos encontrar atender à transformação do mercado na China, na qual os carros estão se tornando leves, elétricos, inteligentes, interconectados e compartilhados. Isso também é testemunho de uma cooperação estratégica aprofundada e reforçada entre as três partes”.
No acordo para a criação da nova joint venture, a Renault terá 25% do eGT, a Nissan 25% e a Dongfeng os 50% restantes. A empresa será baseada na cidade de Shiyan, província de Hubei, na China central. O veículo elétrico será produzido na fábrica da Dongfeng de Shiyan, que tem capacidade de produção e vendas de 120 mil veículos por ano. O início da produção do novo EV está previsto para o ano de 2019.
Segundo a Associação China de Fabricantes de Automóveis, a China é o maior mercado de EV do mundo. Em 2016, 256.879 unidades foram vendidas na China, aumento de 121% em relação ao ano anterior. Nos primeiros sete meses de 2017, a produção de EVs atingiu 223 mil unidades e vendeu 204 mil unidades, representando um aumento de 37,8% e 33,6%, respectivamente. O novo movimento visa aproveitar o potencial do segmento chinês de mercado em rápido crescimento.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Duplas da Mitsubishi Cup enfrentam muita lama na etapa de Cordeirópolis (SP)

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Passando por pedreira e por um au…