A Aliança Renault-Nissan, que é líder mundial em mobilidade elétrica com zero emissão de poluentes*, vendeu o seu veículo elétrico de número 250.000. O Renault ZOE na cor branca foi adquirido por um engenheiro francês.
A Aliança atingiu a marca histórica no início de junho, ou seja, quatro anos e meio após o lançamento do Nissan LEAF, o primeiro veículo que emite zero emissão de poluentes destinado à comercialização em massa em escala mundial*. Atualmente, metade dos veículos elétricos em circulação no mundo foi produzida pela Aliança. O Nissan LEAF se mantém como o veículo elétrico mais vendido de todos os tempos, com mais de 180.000 unidades comercializadas.
De janeiro a maio, a Aliança vendeu aproximadamente 1.600 VE, um aumento de quase 15% em relação ao mesmo período do ano anterior.
“A demanda pelos nossos veículos elétricos só tem aumentado, graças aos incentivos governamentais e à implantação de infraestruturas de recarga”, declarou Carlos Ghosn, CEO da Aliança Renault-Nissan. “O retorno positivo de nossos clientes também dinamiza a demanda. Estes veículos contam um dos índices de satisfação mais elevados entre os clientes de todo o mundo”.
 
 
O veículo de número 250.000 é um Renault ZOE, que foi adquirido por Yves Nivelle, um engenheiro informático que está trocando seu antigo modelo a diesel que já rodou por 21 anos.
O engenheiro tomou a iniciativa de adquirir um VE graças ao bônus ecológico lançado pelo governo da França em abril, que oferece 10 mil euros para a troca de um veículo a diesel antigo para adquirir um VE novo.
 
“O bônus ecológico do governo teve um peso importante na minha decisão de compra de um VE”, explicou Yves Nivelle. “Mas tenho que confessar que fiquei apaixonado já na primeira vez que dirigi este carro. Ele oferece um verdadeiro prazer de dirigir e ainda por cima fico feliz por contribuir para o meio ambiente”.
Com seis modelos, a Aliança Renault-Nissan é o único grupo automobilístico mundial a oferecer uma gama completa de veículos 100% elétricos. Além do LEAF, a Nissan comercializa também o utilitário e-NV200, vendido na Europa e no Japão desde o ano passado. Além do ZOE, a Renault também vende o utilitário Renault Kangoo Z.E., o sedã SM3 Z.E. e o Twizy, um modelo ultracompacto de dois lugares para uso urbano.
 
Com sede na cidade japonesa de Yokohama, a Nissan vendeu um total de 185.000 VE no mundo desde dezembro de 2010, quando lançou o Nissan LEAF. O Nissan LEAF já ganhou vários prêmios do segmento, com destaque para o Carro do Ano de 2011 em escala mundial, o Carro Europeu do Ano de 2011 e o Carro Japonês do Ano 2011-2012. O LEAF é comercializado em 46 mercados, sendo que o principal é os Estados Unidos, onde foram vendidos 80.000 unidades desde o lançamento do modelo, seguido pelo Japão, com quase 53.500 unidades, e a Europa, com aproximadamente 41.500 unidades.
A Renault está na liderança em vendas de VE na Europa nos dois últimos meses, com uma participação de mercado de 26%. Seus principais mercados são França, Reino Unido, Alemanha e Noruega. A França, onde o ZOE é o VE mais vendido, representa mais da metade do mercado, já que o bônus ecológico oferecido pelo governo permite alugar este veículo pela pequena quantia de 99 euros por mês, incluindo o aluguel da bateria.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

BMW do Brasil disponibiliza abertura de porta pelo celular e smartwatch para Z4 e Série 1 M135i

BMW Digital Key para iPhone permite que os clientes da marca consigam abrir o carro pelo s…