A Aliança Renault-Nissan vendeu 8.528.887 veículos em 2015, em alta de quase 1% em relação a 2014, graças a vendas recorde nos Estados Unidos, China e Europa.
As vendas acumuladas da 4ª  maior fabricante globalde automóveis, que inclui o Grupo Renault, Nissan Motor Co., Ltd. e a russa AVTOVAZ, se mantiveram estáveis entre 2014 e 2015, apesar da forte retração dos mercados russo e brasileiro.
Renault, Nissan e AVTOVAZ, primeira montadora de automóveis na Rússia, comercializaram em torno de um veículo a cada dez no mundo.
O grupo Renault, terceira montadora europeia, vendeu  2.801.592 veículos em todo o mundo em 2015, um número recorde que apresentou alta de 3,3% em relação a 2014, em um mercado em alta de 1,6%. A Renault apresentou uma progressão em suas vendas pelo terceiro ano consecutivo. A Dacia vendeu um número recorde de 550.920 veículos, em alta de 7,7%.
A Renault é a marca que apresentou o maior crescimento na Europa, com uma participação de mercado de 10,1%, em um mercado em progressão de 9,4%. A Renault mantém sua posição de líder em veículos utilitários na Europa, pelo 18º ano consecutivo.
A Nissan Motor Co., Ltd. registrou vendas recorde, com 5.421.804 carros de passeio e utilitários comercializados no mundo, uma progressão de 2,1%. Em seus dois principais mercados, Estados Unidos e China, a Nissan vendeu pelo menos 1,25 milhões de unidades. A Infiniti registrou vendas recorde de 215.250 veículos, em alta de 16% em relação ao ano anterior, graças a volumes de vendas elevados em todas as principais regiões, inclusive América do Norte, Central e do Sul, bem como na China.
A AVTOVAZ, que comercializa veículos sob a marca LADA, vendeu 305.491 veículos, apresentando uma retração de 31,5% devido a uma brutal deterioração do mercado russo. A Aliança Renault-Nissan detém uma participação majoritária no capital da AVTOVAZ, através de uma joint venture com a estatal Rostec. Em torno de um veículo a cada três na Rússia foi vendido pela Aliança Renault-Nissan e a AVTOVAZ.
O mercado de automóveis russo como um todo recuou mais de 35%. A Aliança aumentou sua participação de mercado, passando de 30,7% em 2014 para 32,3%, em 2015.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Porsche atinge recorde de veículos entregues em um mesmo ano no Brasil

A Porsche entregou 2.130 automóveis no mercado brasileiro nos primeiros nove meses de 2020…