Enquanto traçava o circuito de Pau, na França, durante o segundo treino classificatório na última sexta feira, 16/05, Pietro Fittipaldi, piloto da F3 europeia pela equipe Fortec Motorsports, freou tarde na última chicane e, com as rodas travadas, bateu com a roda dianteira no guard-rail.
 
O clima em Pau nos últimos dias não foi dos melhores. O primeiro treino foi marcado pela chuva, que cessou no segundo qualify. Vários pilotos foram à pista estreita ainda muito molhada com pneus secos, com isso vários pilotos acabaram se acidentando, entre eles os outros dois brasileiros que também disputam o campeonato da F3.
 
 
Ontem, 18/05, Pietro recebeu o diagnostico que não precisará de cirurgia, mas será necessária uma proteção especial para correr em Monza, na Itália, a próxima etapa do campeonato que acontecerá entre os dias 29 e 31 de maio.
 
“Eu queria ter continuado a correr, mas o médico da FIA não liberou. Estamos confiantes e tudo dará certo em Monza daqui a duas semanas”, conclui Pietro Fittipaldi.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …