Enquanto traçava o circuito de Pau, na França, durante o segundo treino classificatório na última sexta feira, 16/05, Pietro Fittipaldi, piloto da F3 europeia pela equipe Fortec Motorsports, freou tarde na última chicane e, com as rodas travadas, bateu com a roda dianteira no guard-rail.
 
O clima em Pau nos últimos dias não foi dos melhores. O primeiro treino foi marcado pela chuva, que cessou no segundo qualify. Vários pilotos foram à pista estreita ainda muito molhada com pneus secos, com isso vários pilotos acabaram se acidentando, entre eles os outros dois brasileiros que também disputam o campeonato da F3.
 
 
Ontem, 18/05, Pietro recebeu o diagnostico que não precisará de cirurgia, mas será necessária uma proteção especial para correr em Monza, na Itália, a próxima etapa do campeonato que acontecerá entre os dias 29 e 31 de maio.
 
“Eu queria ter continuado a correr, mas o médico da FIA não liberou. Estamos confiantes e tudo dará certo em Monza daqui a duas semanas”, conclui Pietro Fittipaldi.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Renault anuncia investimento de R$ 1,1 bilhão no Brasil

O anúncio reafirma a importância do mercado brasileiro para o Grupo Renault A Renault do B…