Com o semipesado Atego produzido no Brasil, a Daimler Colômbia venceu 60% de uma licitação da capital Bogotá.

A Daimler Colômbia venceu recentemente uma licitação para a renovação de frota destinada à coleta de resíduos sólidos e limpeza urbana de Bogotá, capital e maior cidade do país. Como resultado, 60% dos novos caminhões são Mercedes-Benz, entre eles 39 unidades do Atego 1729 (Euro 5) produzidas na fábrica de São Bernardo do Campo, São Paulo.

Os Atego fabricados no país foram vendidos para as operadoras LIME e Bogotá Limpia, reforçando o reconhecimento do mercado colombiano aos veículos Mercedes-Benz, que são referência nas operações locais de limpeza pública devido à qualidade, força, robustez, resistência e rentabilidade.

Foram mais de dois anos desde a publicação da licitação para a renovação de veículos na cidade Bogotá. Durante esse período, a Daimler Colômbia realizou um trabalho abrangente para fornecer uma solução completa e rentável para as operadoras que venceram a licitação. Além da força da marca e do suporte de peças e serviços, pesaram a favor dessa Empresa a experiência nessas atividades, conhecimento das necessidades de seus clientes e de suas operações.

“Em Bogotá, já temos experiência com caminhões Mercedes-Benz para a coleta de resíduos sólidos. Nos reunimos então com as empresas para determinar suas novas necessidades e configurar os veículos. Viajamos por todo o país, entendendo melhor as operações. Da mesma forma, entramos em contato com motoristas, para conhecer suas opiniões. Eles são a nossa principal referência quando avaliamos os veículos, pois falam do conforto e da robustez dos modelos”, afirma Ángela María Parra, gerente de contas de Caminhões Mercedes-Benz, Freightliner e Fuso da Daimler Colômbia.

Linha de caminhões Atego para coleta de lixo

A Mercedes-Benz do Brasil oferece uma ampla linha de caminhões para coleta de lixo. Com entreeixos de 4.800 mm e motor OM 926 LA de 6 cilindros com 286 cv de potência e 1.120 Nm de torque, o Atego 1729 está apto para uso de compactadores de 19 m³. Além do câmbio mecânico de 8 marchas + 1 super reduzida, há como opcional a transmissão automática Alisson de 6 marchas.

Caminhão resistente e com baixo custo operacional, o Atego se destaca pelo chassi robusto e de fácil implementação, suspensão da cabina de quatro pontos para maior conforto e melhor isolamento de vibrações e absorção de impactos, escape vertical, freio a tambor com regulador automático de lonas, opção de banco central na cabina para um segundo acompanhante e tomada de força no motor ou no câmbio (apenas para o Atego 1729 com câmbio automático). O portfólio da Mercedes-Benz para coleta de lixo inclui também os Atego 1719 e 1726, ambos 4×2, que permitem o uso de compactadores de 15 metros cúbicos.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

MINI estreia no Rally Dakar com três equipes no Top 5

Todos os oito times MINI percorreram o trajeto de 331 quilômetros entre Lima Pisco, no Per…