Sustentabilidade: mais de 20 modelos elétricos – plantas de produção da Audi serão neutras em CO2 até o final da próxima década.

A Audi pretende vender aproximadamente 800.000 carros totalmente elétricos e híbridos plug-in no ano de 2025. Na Assembleia Geral Anual da Audi AG, o Conselho de Administração apresentou a estratégia atualizada “Audi.Vorsprung.2025.”. Para permitir que um terço dos clientes decida a favor de um carro elétrico até meados da próxima década, deve haver uma opção sustentável em cada linha de modelos até então – a maioria deles deve ser totalmente elétrica, com uma proporção menor como híbridos plug-in.

Com o intuito de liberar recursos para o pacote de investimentos no valor de bilhões de euros, a Audi adotou seu Plano de Ação e Transformação no final do ano passado. Os objetivos são explorar novas fontes de receita, melhorar as estruturas de custos e acelerar a transformação corporativa em relação a novos modelos de negócios, o que aumentará consideravelmente o escopo do investimento. Até 2025, aproximadamente 40 bilhões de euros deverão fluir para áreas estratégicas, como e-mobilidade, direção autônoma e digitalização. Isso também se aplica à digitalização da produção.

“Nossa ambição sempre foi e continuará sendo a Vorsprung durch Technik”, diz Rupert Stadler, Presidente do Conselho de Administração da Audi AG. “Nosso objetivo é revolucionar a mobilidade. Também em mobilidade elétrica, queremos nos tornar o número 1 entre os fabricantes premium – com total adequação para o uso diário, sem compromissos, qualidade superior e prazer de dirigir para o cliente. Com nossa excelência tecnológica, estamos utilizando nosso Vorsprung e elevando a mobilidade elétrica para o próximo nível.”

A versão de produção do protótipo Audi e-tron é o primeiro resultado da iniciativa Roadmap E, com a qual a marca premium eletrificará seu portfólio completo até 2025. Isso inclui também o investimento nas fábricas alemãs em Ingolstadt e Neckarsulm, bem como um claro compromisso para a segurança do trabalho até o final de 2025.

Os lançamentos de produtos incluem mais de 20 modelos eletrificados em rápida sucessão até 2025. Em 2019, o e-tron Sportback será o segundo carro totalmente elétrico a ser lançado, seguido pelo e-tron GT da Audi Sport em 2020. A marca também oferecerá um modelo elétrico no segmento de compactos premium em 2020.

Para o seu projeto Roadmap E, a empresa está fazendo uso sistemático de duas grandes alavancas de sinergia do Grupo Volkswagen na área de desenvolvimento. Além do Kit de Ferramentas Elétricas Modular, desenvolvido pela Volkswagen para o segmento de compactos, a Audi e a Porsche estão trabalhando juntas para implementar a eletrificação de arquitetura premium para carros elétricos de médio egrande portes. Esses projetos de cooperação reduzem substancialmente os custos de desenvolvimento. Para o cliente, isso significa uma opção disponível rapidamente de um amplo portfólio para a condução sem emissões.

Com a mobilidade elétrica, a Audi também adota uma abordagem holística e conservadora de recursos: em Bruxelas, o e-tron é o primeiro carro premium com produção de alto volume com certificação neutra de CO2. Seguindo o exemplo de Bruxelas, a Audi tornará suas plantas em todo o mundo neutras em CO2 até 2030.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Você sabe qual a melhor maneira de transportar seu cachorro em viagens?

*Por René Rodrigues Júnior Dezembro é o mês das festas, das confraternizações, do verão e …