Oito toneladas de equipamento foram enviadas para Daniel Abt e Lucas di Grassi.

A contagem regressiva se inicia: Em nove dias, o Campeonato Fórmula E ABB FIA estreará sua nova temporada. A Audi Sport ABT Schaeffler, juntamente com seus pilotos Daniel Abt e Lucas di Grassi, está entrando na corrida como defensora do título. Agora, os dois carros totalmente elétricos Audi e-tron FE05 embarcaram em suas viagens pelo mundo, por onde percorrerão cinco continentes e onze países, abrangendo uma distância total de mais de 70.000 quilômetros.

Os contêineres estão fechados e os documentos de expedição estão preenchidos: oito toneladas de equipamento agora estão a caminho da temporada da Fórmula E. A primeira parada será Ad Diriyah, nos arredores da capital da Arábia Saudita, Riyadh, onde os mecânicos receberão dois carros Audi e-tron FE05 para a corrida inaugural da temporada. Em 15 de dezembro, às 15h do horário local, as luzes de largada brilharão verdes novamente. É a primeira etapa de uma longa jornada, que teve início em 2017, com o lançamento do projeto de desenvolvimento do carro de corrida totalmente elétrico da Audi.

Além dos carros de corrida, dois conjuntos completos de carroceria e cinco ogivas, incluindo painéis laterais frontais sobressalentes, foram enviados na jornada também. A DHL – parceira de logística da equipe alemã – está transportando todo equipamento, ferramentas e outros produtos consumíveis e peças sobressalentes.

“O desenvolvimento do powertrain foi finalizado, os testes pré-temporada acabaram e os carros de corrida embarcaram – quando pudermos abrir os contêineres de novo, a nova temporada finalmente começará de verdade. Nós nos preparamos de maneira intensa para esse momento pelos últimos meses, então estamos muito empolgados”, afirma o Chefe de Escuderia Allan McNish.

Após a primeira corrida, o circuito levará as equipes até Marrakesh, Santiago de Chile, Cidade do México, Hong Kong e o resort turístico chinês Sanya. Os carros serão apenas enviados de volta à equipe antes do retorno da temporada da Fórmula E para a Europa, em abril. Antes disso, eles serão transportados diretamente de uma pista de corrida à outra – uma façanha de logística que a DHL possui maestria ao combinar transportes aéreo, marítimo e terrestre, o mais eficiente possível. Isso faz com que as emissões sejam reduzidas ao mínimo pela seleção de rotas e meios de transporte apropriados. Essencialmente, a Fórmula E objetiva reduzir suas emissões passo a posso, compensando-as a longo prazo.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Você sabe qual a melhor maneira de transportar seu cachorro em viagens?

*Por René Rodrigues Júnior Dezembro é o mês das festas, das confraternizações, do verão e …