Serão 200 estações instaladas em parceria com a empresa ENGIE até 2022

A Audi do Brasil anunciou na quinta-feira, 20, que investirá R$ 10 milhões em infraestrutura de recarga de veículos elétricos em todo o País até 2022. Ao todo serão 200 estações instaladas em parceria com a empresa ENGIE como parte da estratégia de eletrificação da Audi.

Na ocasião, o CEO e Presidente da Audi do Brasil, Johannes Roscheck, ainda confirmou a chegada no País do Audi e-tron, SUV 100% elétrico da empresa, na primeira quinzena de abril. “Em diversas pesquisas que realizamos sobre veículos elétricos, a infraestrutura de recarga sempre aparece como um dos pontos de maior preocupação dos potenciais consumidores. Este investimento está em linha com o objetivo de aumentar as opções de carregamento para a chegada do Audi e-tron, primeiro SUV 100% elétrico da marca, que terá as primeiras entregas aos clientes na primeira quinzena de abril”, afirma o executivo.

O Diretor-Presidente da ENGIE Soluções, Leonardo Serpa, celebra essa parceria com a Audi. “Estamos trazendo para o Brasil toda a nossa experiência internacional em soluções de mobilidade elétrica. Possuímos o maior parque de carregadores elétricos do mundo, com 75 mil pontos de recarga na Europa e nas Américas. Sermos parceiros da Audi nesse projeto está em linha com a nossa ambição de promover o movimento de descarbonização no Brasil através de soluções energéticas e de infraestrutura”.

Os 200 carregadores serão do tipo AC, com 22kW, e será a infraestrutura de recarga mais potente já instalada por uma montadora no Brasil. Todos os pontos serão equipados com o plug do tipo 2 (padrão europeu) e qualquer veículo com esse mesmo tipo poderá usufruir do equipamento.

O objetivo é instalar os 200 pontos em shoppings, academias, hotéis, clubes e restaurantes, ou seja, localidades que o cliente frequenta pode deixar o veículo carregando enquanto realiza outra atividade. Além disso, a Audi criou também um canal para que estabelecimentos indiquem interesse em receber a instalação de um ponto de recarga. Basta enviar um email para etron@audi.com.br com as informações do seu local para participar do processo de seleção, liderado pela própria Audi do Brasil.

A estratégia faz parte dos objetivos globais da marca de se tornar uma empresa neutra em carbono até 2050.

Concessionárias e-tron

A Audi anunciou também que, até o lançamento do primeiro SUV 100% da marca no País, 14 concessionárias terão a bandeira e-tron. Cada uma delas terá representantes especializados para oferecer a melhor experiência em toda a jornada do cliente, desde um atendimento personalizado com um especialista no produto até a manutenção necessária com equipe treinada pelos profissionais que desenvolveram o produto na Alemanha. Todas as concessionárias também terão pontos de carga rápida DC de 24 kW e pelo menos um veículo e-tron para test drive.

Os 14 Audi Centers habilitados estão localizados em Belo Horizonte, MG, Brasília, DF, Campo Grande, MS, Curitiba (Alto da XV) e Londrina, PR, Florianópolis, SC, Porto Alegre, RS, Recife, PE, Rio de Janeiro (Botafogo), RJ, Vitória, ES, e quatro em São Paulo (Jardins, Tatuapé, Lapa e Alphaville).

Para Daniel Rojas, Diretor de Vendas da Audi do Brasil, “um veículo 100% elétrico possui particularidades que demandam atenção específica desde o primeiro contato até o serviço no pós-vendas. Por isso cada concessionária receberá o treinamento necessário para oferecer o melhor atendimento, além de oferecer a possibilidade de um test drive para o cliente conhecer uma tecnologia totalmente nova”.

Eletrizantemente divertido de dirigir: o Audi e-tron

Parado ou em movimento, o e-tron é eletrizante. O SUV elétrico livre de emissões é equipado com dois motores elétricos e realmente silenciosos. Uma nova geração da tração quattro – a tração elétrica nas quatro rodas – garante excelência em aderência e dinâmica. O sistema oferece uma regulagem contínua e variável da distribuição ideal de torque entre os dois eixos – dentro de uma fração de segundo.

Um fator-chave para a característica esportiva e a excelente dinâmica é a posição baixa e central na qual o sistema de baterias é instalado. Ele fornece ao veículo uma autonomia de 436 quilômetros (ciclo WLTP), ideal para o ambiente urbano e também para percorrer longos trajetos. Além disso, em estações de recarga rápida de 150 kW, é possível carregar até 80% da bateria em 30 minutos.

A aerodinâmica inteligentemente projetada também contribui bastante na eficiência. Um dos destaques desse conceito são os retrovisores externos virtuais – uma novidade mundial em modelos de produção em série. Eles não apenas reduzem o arrasto, mas também levam a digitalização do veículo a um nível totalmente novo. Os retrovisores externos virtuais também proporcionam melhor visualização durante a noite e imagem mais nítida com resolução em alta definição.

Dentre as tecnologias inseridas no Audi e-tron, freios regenerativos e suspensão a ar adaptativa são diferenciais. E com o Audi Drive Select é possível selecionar diferentes perfis de condução, incluindo o programa offroad, e receber ajustes de altura em relação ao solo durante a utilização.

O novo Audi e-tron é produzido na planta de Bruxelas, na Bélgica, e será ofertado no mercado brasileiro em duas versões: Performance e Performance Black. Com desembarque agendado para a primeira quinzena de abril de 2020, o modelo está em pré-venda no Brasil a partir de R$ 459.990,00 na modalidade Venda Direta.

No período de pré-venda os clientes que reservarem seu modelo terão acesso a um bônus de valorização do usado de até R$20.000,00 com garantia de quatro anos de fábrica para o veículo, oito anos para a bateria e quatro anos de revisão inclusos. O cliente também receberá um carregador adicional para utilização residencial.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford já consertou mais de 200 respiradores para hospitais da Bahia e do Ceará

Os equipamentos estão sendo reparados em parceria com o SENAI e outras instituições, com a…