A partir de 1º de setembro, haverá uma nova composição no Conselho Administrativo da Audi AG. A área de Finanças, TI e Integridade passará a ser responsabilidade de Alexander Seitz, e a área de Marketing e Vendas será comandada por Bram Schot. Wendelin Göbel será responsável por Recursos Humanos e Organização, enquanto Peter Kössler assumirá o setor de Produção e Logística. Matthias Müller e Rupert Stadler veem essas mudanças como uma maneira de criar as condições certas para o futuro de sucesso da companhia. O presidente do Conselho Geral dos Trabalhadores, Peter Mosch, afirmou que essa transformação na Audi deve ser moldada para que o sucesso do negócio e os interesses da força de trabalho sejam equilibrados de forma sustentável.
 
Alexander Seitz, 55, vai suceder Axel Strotbek, que era membro do Conselho para Finanças, TI e Integridade na Audi desde 2007. Seitz iniciou sua carreira na Daimler-Benz AG, onde ocupou diversas posições diferentes nos departamentos financeiro e comercial, bem como em estratégia e aquisição. Em 2005, ele foi para a Volkswagen AG em Wolfsburg para assumir o cargo de chefe em Aquisição Powertrain. Em seguida foi transferido para outros cargos na filial sul-americana do Grupo até ser nomeado Primeiro Vice-Presidente e Vice-Presidente Comercial Executivo da SAIC Volkswagen, em 2013.
 
O sucessor do Dr. Dietmar Voggenreiter como Membro do Conselho para Marketing e Vendas será Bram Schot, 56. Nascido na Holanda, ele era Membro do Conselho de Veículos Comerciais da Volkswagen para área de Marketing e Vendas desde 2012. Em 2011 ele deixou o cargo de Presidente e CEO da Mercedes-Benz Itália para se transferir ao Grupo Volkswagen, onde era responsável por projetos estratégicos na área de Vendas.
 
Wendelin Göbel, 53, será o novo Membro do Conselho para Recursos Humanos e Organização. Ele substituirá Thomas Sigi, que ocupava a posição desde 2010. Göbel foi Diretor do Conselho Administrativo do Grupo Volkswagen até 2007 e da marca Volkswagen entre 2007 e 2015. Antes disso, ele ocupou várias posições na Audi AG e no Grupo Volkswagen, incluindo Gerenciamento de Projetos de Compras. De 2003 a 2007, ele foi Diretor do Conselho Administrativo da Audi AG, além de membro do Comitê de Estratégia da Audi.
 
Peter Kössler, 58, será o novo Membro do Conselho para Produção e Logística. Nascido em Ingolstadt, ele ocupava até o momento o cargo de Presidente do Conselho administrativo da Audi Hungria. De 2007 a 2015, ele foi diretor da principal planta da marca em Ingolstadt. Nessa posição, ele era responsável por todas as áreas relevantes para a produção e assuntos específicos da fábrica, como logística, proteção ambiental e segurança. Kössler substituirá o Dr. Hubert Waltl, encarregado de Produção e Logística desde 2014.
 
Matthias Müller, Presidente do Conselho de Supervisão da Audi e CEO da VW, agradeceu aos membros do Conselho Administrativo por seu trabalho: “Os membros que estão de partida ajudaram a moldar o desenvolvimento positivo da Audi. A empresa atravessou recentemente um período de dificuldades, mas possui todos os pré-requisitos para ser bem-sucedida também no mundo da mobilidade de amanhã. Juntos com a força de trabalho, o novo time do Conselho Administrativo impulsionará sistematicamente a transformação da Audi em direção ao futuro”.
 
O Presidente do Conselho Administrativo Rupert Stadler também agradeceu aos colegas por seu comprometimento profissional. Stadler enfatizou a importância de revistar criticamente a atual situação com o Conselho de Supervisão. “Nosso objetivo com o novo time do Conselho Administrativo e uma competente força de trabalho é definir agora o curso para o futuro e avançar sistematicamente com a nossa transformação para digitalização e serviços de mobilidade. Nosso plano de crescimento e a Estratégia 2025 fornecem o roteiro.”
 
Peter Mosch, Presidente do Conselho Geral dos Trabalhadores e Membro do Conselho de Supervisão da Audi AG: “As últimas semanas mostraram que um diálogo aberto e crítico é a base essencial para o futuro da Audi. Ficou claro que isso é para a orientação constante da empresa, o que inclui a otimização do uso das capacidades das plantas. A próxima transformação deve ser moldada para que o sucesso do negócio e os interesses da força de trabalho sejam equilibrados de forma sustentável”.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Porsche Macan S é lançado com novo motor V6 turbo

O volante esportivo GT que foi lançado no 911 enriquece o design interior esportivo do Mac…