Comprar um carro usado requer cuidados especiais. Com o aumento de 5,3% nas vendas de veículos dessa categoria no último mês, segundo a Fenabrave, cresce também a importância da revisão preventiva. De acordo com a NGK, a simples inspeção visual das velas de ignição pode ajudar a deixar a compra mais segura.
“A condição da vela pode revelar muito sobre o estado do motor. Por isso, esse cuidado deve ser priorizado na vistoria”, afirma Hiromori Mori, consultor de Assistência Técnica da NGK, empresa especialista em sistemas de ignição. Dentre os problemas perceptíveis a partir do componente está a infiltração de óleo e fluído de arrefecimento na câmara de combustão e o uso de combustível de má qualidade.
Outro fator que torna as inspeções periódicas muito importantes, principalmente quando se compra um carro usado, são as irregularidades na vela, que nem sempre são perceptíveis aos motoristas. “Por conta da evolução tecnológica, os motores estão condicionados a trabalhar em situações adversas, principalmente, quando há início de falha. Quando o problema começa a ser percebido é sinal de que ele já está ocorrendo há algum tempo”, alerta Hiromori Mori.
Velas de ignição desgastadas também podem diminuir o desempenho do carro e ocasionar dificuldade na partida. “Quando o componente não funciona de forma adequada, o sistema de ignição pode aumentar o consumo de combustível, falhas durante as retomadas e aumento dos níveis de emissões de gases poluentes”, explica o especialista que aconselha: “A revisão preventiva evita futuras preocupações e garante a economia em relação às manutenções. Por isso, recomendamos também que sejam verificados outros componentes importantes, como freios, embreagem, amortecedores, e demais itens de segurança”.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…