Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

As operações CDC tiveram um aumento de 53%, para a aquisição de veículos leves, em comparação a abril de 2017.

O total de recursos liberados para financiar a compra de veículos, nos quatro primeiros meses de 2018, somou R$ 39,049 bilhões. Esse volume representa um aumento de 33,4% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando os bancos concederam quantias na ordem de R$ 29,2 bilhões. Para as operações de CDC foram liberados R$ 38,4 bilhões, enquanto R$ 623 milhões são advindos do leasing.

De acordo com os dados do boletim divulgado pela ANEF, em abril os bancos liberaram R$ 10,2 bilhões em CDC para a compra de veículos leves, volume 0,6% inferior ao atingido no mês anterior. Ainda assim, o índice é 53% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. Desse total, R$ 8,4 bilhões foram destinados para as pessoas físicas e os R$ 1,7 bilhão restante para as pessoas jurídicas.

“A expectativa para este ano é de que o financiamento de veículos se mantenha em ritmo de crescimento constante, o que mostra a confiança do consumidor na economia, mesmo que estejamos em um ano de Copa do Mundo e de eleições”, explica o presidente da ANEF (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras), Luiz Montenegro.

Já para as operações de leasing foram liberados R$ 162 milhões, redução de 4,1% em relação ao mês de março, porém, alta de 6,6% na comparação com abril de 2017. O maior volume, de R$ 130 milhões, foi destinado às empresas, e os R$ 32 milhões restantes às pessoas físicas.

Saldo das carteiras

Em abril, o saldo das carteiras atingiu a marca de R$ 178,7 bilhões, alta de 1,2% em relação ao mês de março e de 10,7% em doze meses. Desse montante, R$ 175,2 bilhões correspondem às operações de CDC e R$ 3,5 bilhões à carteira de leasing.

Inadimplência

No quarto mês do ano, a taxa de inadimplência nas operações de financiamento para pessoas físicas foi de 3,6%. Isso representa uma queda de 0,9% ponto percentual em doze meses. Na carteira de leasing, o índice de não pagadores foi de 2,2%, redução de 1,4 ponto percentual na comparação com mesmo período de 2017.

Para as pessoas jurídicas, a taxa de inadimplência nas operações de CDC foi de 2,0%, o que representa uma queda de 0,5 ponto percentual em relação a março, e de 2,3 ponto percentual na comparação com abril de 2017. Na carteira de leasing, o índice foi 1,1%, redução de 0,5 ponto percentual na comparação com o mês anterior e diminuição de 2,5 pontos percentuais em doze meses.

Taxa de juros

Em abril, as entidades associadas à ANEF cobraram juros de 18% ao ano e 1,39% ao mês, enquanto os independentes trabalharam com 21,5% e 1,64%, respectivamente. O prazo médio das concessões, que no mesmo período do ano passado era de 41,9, este mês, passou para 42,9.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Transportando criança com segurança na motocicleta

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Uma situação muito comum para pai…