Home Notícias BMW Group confirma produção adicional do X1, em Araquari (SC), para exportação

BMW Group confirma produção adicional do X1, em Araquari (SC), para exportação

Comentários desativados em BMW Group confirma produção adicional do X1, em Araquari (SC), para exportação
A fábrica do BMW Group em Araquari (SC) anuncia a produção adicional de aproximadamente 2.000 unidades do BMW X1 dedicadas a países do NAFTA (Acordo de Livre Comércio da América do Norte). Trata-se de um contrato temporário para fomentar a oferta global do modelo altamente bem-sucedido BMW X1, e que também é produzido na Alemanha. O volume é um pedido adicional às 10.000 unidades acordadas em 20 de abril de 2016.
 
“A procura por BMW X1 tem aumentado globalmente, nos últimos meses, e a escolha da fábrica de Araquari para suprir esta demanda mostra mais uma vez que temos a expertise para atender aos rigorosos requisitos de qualidade e eficiência exigidos pelo BMW Group, e que nós somos capazes de enviar veículos para outros mercados”, disse Helder Boavida, Presidente e CEO do BMW Group Brasil.
 
Atualmente, além do BMW X1, o complexo fabril de Araquari é responsável pela produção das gerações atuais do BMW Série 3, do BMW X3 e do BMW X4 para o mercado brasileiro. “Esta é uma ocasião para atualizar os ciclos de produtos e nossa flexibilidade nos permite acelerar a produção do BMW X1 para dar suporte às demandas globais”, explica Carsten Stöcker, Vice-Presidente sênior da fábrica do BMW Group em Araquari. “Nossa qualidade em Araquari nos proporciona os melhores resultados e podemos oferecer os mesmos padrões globais que o BMW Group disponibiliza em todo o mundo”.
 
 
A versão do BMW X1 a ser enviada ao exterior é a xDrive 28i, que conta com um motor de quatro cilindros, 2.0 litros, movido a gasolina, e capaz de entregar 240 cv de potência e 350 Nm de torque máximo. Entre as tecnologias de gerenciamento do motor, os destaques ficam para o Driving Experience Control com Eco Pro, a função Auto Start/Stop e a tecnologia de regeneração de energia de frenagem que possibilitam atingir o melhor equilíbrio entre desempenho e eficiência.
 
Entre os itens de série do modelo destacam-se paddle-shifts para rápida troca de marchas, seis air bags, controles de estabilidade e tração, pneus com tecnologia Runflat e faróis com tecnologia full-LED. O modelo inclui também sensores de estacionamento traseiro e de chuva, com acionamento automático dos faróis baixos, e rodas de liga leve aro 18.
 
A BMW vendeu globalmente, em 2016, 2.003.359 veículos (um aumento de 5,2% em relação a 2015), dos quais 644.922 foram modelos X (um aumento de 22,3% em relação a 2015). Um em cada três modelos BMW vendidos em 2016 era um veículo X.
 
 
A flexibilidade de fabricação da fábrica em Araquari permite à empresa acelerar a produção do BMW X1 para atender às demandas globais. Isso também promoverá mudanças no portfólio de manufatura. A nova geração do MINI Countryman será importada da Europa, mantendo o produto atualizado para os clientes brasileiros. Sua chegada ao mercado está prevista para o primeiro semestre deste ano. O BMW Série 1 também será importado da Europa e as vendas serão direcionadas para o BMW M140i, que acaba de ser lançado no mercado, durante o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.
 
Dotada de ampla flexibilidade e capacidade de produção, a fábrica do BMW Group em Araquari também é referência em sustentabilidade e gestão. Seu projeto de construção conquistou o German Project Excellence Award, o mais importante prêmio de gerenciamento de projetos da Europa, concedido pela Associação Alemã de Gestão de Projetos; e o gerenciamento de resíduos do local venceu o prêmio Fritz Müller, na categoria Gestão Ambiental, concedido pela Fundação do Meio Ambiente (Fatma) do governo de Santa Catarina.
 
A fábrica do BMW Group em Araquari produziu 15.408 unidades em 2016 e é uma das mais modernas do grupo e conta com 256 milhões de euros (cerca de R$ 930 milhões) em investimentos, montante aplicado desde sua fundação até o fim deste ano. Erguida em um espaço de 1,5 milhão de metros quadrados – dos quais 500 mil m² de área pavimentada – a infraestrutura local contempla atividades de montagem, carroceria e soldagem, sistemas de pintura e logística, além de prédios administrativos e auxiliares.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Tour virtual à exposição especial “25 Anos do Boxster” no Museu da Porsche

44º Dia Internacional dos Museus em 16 maio de 2021 Os museus cuidam de tesouros e contrib…