Home Notícias BMW Group desenvolve um ciclo de materiais sustentáveis para células de bateria

BMW Group desenvolve um ciclo de materiais sustentáveis para células de bateria

Comentários desativados em BMW Group desenvolve um ciclo de materiais sustentáveis para células de bateria

A planta-piloto será construída em Parsdorf, perto de Munique, e está programada para entrar em atividade no final de 2022.

A sustentabilidade desempenha um papel central na expansão da mobilidade elétrica. Por este motivo, o BMW Group estabeleceu um ciclo fechado e sustentável para as células da bateria. Com uma nova planta-piloto que produzirá células de bateria de íons de lítio, a empresa dá o próximo passo para penetrar em todos os aspectos da cadeia de valor das células de bateria: da seleção de materiais à composição e design das células de bateria, até a produção e reciclagem.

Segundo Milan Nedeljković, membro do Conselho de Administração da BMW AG, responsável pela produção, a nova planta-piloto fortalecerá ainda mais a experiência na produção de células de bateria. “Seremos capazes de testar novos sistemas tecnológicos e processos de produção inovadores. Nosso objetivo é otimizar a produção de células de bateria da perspectiva de qualidade, desempenho e custos. A nova planta-piloto nos permitirá fechar a lacuna final na cadeia de valor, do desenvolvimento das células da bateria à produção de módulos e componentes do powertrain, até a instalação de baterias de alta tensão totalmente montadas em nossas fábricas. Isso nos torna o primeiro fabricante de automóveis a cobrir toda a cadeia de processos de direção elétrica”.


De acordo com Frank Weber, membro do Conselho de Administração da BMW AG, responsável pelo Desenvolvimento, até 2023, o BMW Group terá 25 modelos eletrificados nas estradas, aumentando sistematicamente a eletrificação em todas as marcas e séries de automóveis. “Essa expansão contínua e nossa ampla experiência em células de bateria darão um grande impulso à sustentabilidade. Ao mesmo tempo, a tecnologia eDrive dos nossos modelos também garante desempenho dinâmico típico BMW e diversão ao dirigir”. O executivo afirma ainda que o BMW Group não está focado apenas na célula de bateria mais eficiente, mas em toda a sua cadeia de valor. “É por isso que estamos trabalhando com nossos parceiros para criar um ciclo fechado para células de bateria”.

A planta-piloto será construída em Parsdorf, perto de Munique, e está programada para entrar em atividade no final de 2022. O investimento no projeto é de quase € 110 milhões e cerca de 50 funcionários trabalharão na nova planta.

O Ministério Federal da Economia da Alemanha e o Ministério da Baviera da Economia, Desenvolvimento Regional e Energia estão apoiando o projeto no âmbito do processo de financiamento europeu IPCEI (Projetos Importantes de Interesse Europeu Comum).


Produção em série de células de bateria

A fabricante alemã inaugurou em novembro de 2019 um centro dedicado de Competência em Células de Bateria, em Munique, para cobrir toda a cadeia de valor das células de bateria, da pesquisa e desenvolvimento à composição e design das células, até a fabricação em larga escala.

O BMW Group dá o próximo passo com a nova planta-piloto e expande ainda mais seu know-how. O objetivo é aprimorar a performance das células de bateria e demonstrar a capacidade de produção em larga escala. Para isso, o BMW Group desenvolverá processos e sistemas de produção inovadores, que serão instalados na planta-piloto de 14 mil m². Usando processos e sistemas também empregados na produção padrão, a empresa poderá demonstrar a viabilidade industrial de futuras gerações de células de bateria. O foco principal será a otimização da eficiência, custos e qualidade da produção.

Com base no know-how do Centro de Competência em Células de Bateria e também da planta-piloto, o BMW Group desenvolverá estas tecnologias no menor tempo possível para implementação e habilitará os fornecedores para a produção destas células com suas próprias especificações. Um quarto dos veículos do BMW Group vendidos na Europa deve ter um powertrain elétrico até 2021; um terço em 2025 e metade em 2030.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

GM empresta cilindros de oxigênio e faz doações no combate à covid-19

Empresa realiza novas doações de máscaras e cestas básicas e coloca insumos à disposição d…