Fabricante tem forte presença no Top 10 dos modelos que menos sofreram depreciação anual, segundo a KBB

A BMW tem três dos dez modelos que mais valorizaram em um ano, no Brasil, de acordo com levantamento feito pela Kelley Blue Book, empresa especializada em pesquisa de preços de carros novos e usados. A metodologia da pesquisa se baseou no acompanhamento dos preços no período entre agosto de 2019 e agosto de 2020 e considerou modelos que não passaram por mudanças de geração em relação ao que era vendido no ano passado, além de modelos com histórico de seis meses de mercado.

Os modelos que figuram entre os que mais valorizaram em um ano são o BMW Série 4 (valorização de 2,1%), BMW X4 (valorização de 0,8%) e BMW X5 (valorização de 0,4%). Já no restante da lista, estão o BMW Série 5, BMW Série 2 e BMW Z4, todos com desvalorização inferior a 1,5% após um ano.

“Respeito ao cliente e planejamento são fundamentais em nossa rotina e este reconhecimento reforça nosso modelo de trabalhar com veículos completos”, afirma Roberto Carvalho, Diretor Comercial da BMW do Brasil. “Com uma grande ofensiva de produtos, buscamos oferecer, além do prazer de dirigir, a melhor tecnologia, equipamentos, serviços e valor ao cliente por meio de um valor residual mais justo por cada real pago”, reforça o executivo.

Cabe destaque para o fato de que o período avaliado é atípico em relação ao comportamento dos preços – o cenário foi de readequação do mercado devido à alta nos custos de produção e comercialização de veículos 0Km – e, nesse sentido, alguns modelos ou versões de seminovos experimentaram valorizações nos preços praticados, devido a um fator chamado de “efeito elástico de preços de seminovos”. Em determinadas circunstâncias, este efeito pode fazer com que modelos seminovos sigam a tendência da alta de preço observada em seus respectivos pares 0km.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Ford e Bosch apresentam nova tecnologia de manobrista automatizado

Os veículos de teste da Ford operam por comunicação veículo-infraestrutura (V2I) usando a …