Vitória é dedicada a Charly Lamm, ex-chefe da preparadora AC Schnitzer.

A BMW venceu a corrida 24 Horas de Daytona na classe GT Le Mans (GTLM) no domingo (27) com a equipe formada pelo brasileiro Augusto Farfus, o austríaco Philipp Eng e os norte-americanos e Colton Herta, que lideravam com o carro #25 da BMW Team RLL M8 GTE antes de a prova ser interrompida devido às fortes chuvas no circuito Daytona International Speedway, na Flórida, Estados Unidos.

A vitória foi dedicada a Charly Lamm, que estava havia décadas à frente da preparadora AC Schnitzer e faleceu de maneira inesperada na última quinta-feira (24). Em sua homenagem, a equipe BMW Team RLL (Rahal Letterman Lanigan) competiu com as palavras “Vai com Deus, Charly” na traseira de ambos os BMW M8 GTE em Daytona. A aparição de Alessandro Zanardi chamou atenção para o carro #24 da equipe. Porém, a prova de resistência provou ser um árduo desafio para o piloto italiano e seus companheiros, que chegaram em novo lugar.

“Esta vitória foi mágica e tem um significado especial para mim. Alguns dias atrás eu perdi uma pessoa muito importante na minha vida. Eu tenho certeza de que Charly estava comigo no caminho desta vitória, então eu a dedico a ele. Agora é hora de comemorar!”, celebrou Farfus.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan GT-R de 7 cm ganha título de melhor customização de miniaturas da marca

Modelinho demorou 2 meses para ser preparado e ganhou motor, pintura, rodas e acessórios E…