Depois de sete dias emocionantes, passando por belas regiões e cruzando os estados de Goiás e Minas Gerais, numa disputa com mais de 2,6 mil km, a 22ª edição do Rally dos Sertões chegou ao seu final neste sábado (dia 30) em Belo Horizonte. A festa na capital mineira aconteceu na bela Lagoa da Pampulha e contou com ótimo público, que também participou da Virada Cultural e viu de perto os campeões do Sertões 2014.
 
Nas motos, o português Paulo Gonçalves (Team Honda HRC) venceu a última especial, disputada entre Diamantina e Belo Horizonte, com 125,88 km cronometrados e diferentes tipos de piso (cascalho, piçarra com lombas e mata-burros), com trechos de trial, subindo e descendo serra. O campeão do Sertões 2013 venceu quatro das sete etapas, mas não conseguiu superar o espanhol Marc Coma (KTM Red Bull Factory Team) que é o novo campeão do Rally dos Sertões. Coma venceu uma especial a menos que o rival, e conquistou seu segundo título na maior prova de off-road do Brasil (o primeiro foi em 2010).
 
Líder do Mundial de Rally Cross Country da FIM, Coma vinha travando um duelo particular com o português e venceu com a vantagem de 3min23s (total de 18h21min51s). Fora da briga internacional, destaque para o brasileiro Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally), que terminou em terceiro lugar, a 14min05s de Coma. O português Helder Rodrigues (Team Honda HRC) ficou em quarto, seguido pelo espanhol Jordi Viladoms (KTM Red Bull Factory Team).
 
Das 37 motos que largaram em Goiânia (GO), 32 disputaram a última especial.
 
\"\"
 
Quadriciclos: Vitória brasileira
 
Nos quadriciclos, o paulista Robert Nahas (RNN Sports) faturou seu segundo título seguido, em sua 11ª participação no Sertões. O piloto também foi campeão em 2005 e 2008. Neste sábado, ele administrou a vantagem e chegou em terceiro, a 4min51s do polonês Rafal Sonik (Sonik Team), o vice-campeão.
 
No geral, Nahas fechou as sete etapas em 20h38min09s, 22min54s à frente de Sonik. Gabriel Varela (Divino Fogão Rally Team) ficou em terceiro. Tom Rosa (ATV Yamaha) foi o quarto e Rodolfo Brito (Paraíba Rally Team) terminou em quinto.
 
Sonik, que já venceu o Sertões em 2010 e está liderando o Mundial de Rally Cross Country da FIM, foi o melhor em três especiais deste ano.
 
Dos 17 quadriciclos que iniciaram o rali, nove "sobreviveram" à chegada em Belo Horizonte.
 
\"\"
 
UTVs tem reviravolta na última etapa
 
Nos UTVs, José Hélio Rodrigues e o navegador Edmilson de Camargo Jr. (Polaris Racing / Zé e os Caras 4×4) venceram a última especial, mas o título foi para uma dupla que não ganhou nenhuma etapa, mas soube manter a regularidade: Vinícius Mota / Rafael Shimuk (Taguatur Racing). Eles terminaram em quinto no último dia e foram campões com o tempo de 22h27min12s, mais de 22 minutos de vantagem para os vice-campeões Henrique Gutierrez e Weidner Moreira (Polaris).
 
O resultado foi surpreendente já que a dupla André Sawaya/Eduardo Costa (S2 Rally / Bike Box) liderava até o penúltimo dia de disputas, com mais de 30 minutos de vantagem. Neste sábado, no entanto, eles tiveram uma quebra da homocinética no km 140 e não completaram.
 
Zé Hélio e Camargo Jr. venceram quatro especiais, mas uma quebra em uma das etapas deixou a dupla longe do título, terminando em sétimo no geral. Elson Cascão/Claudia Grandi (Kandangus Rally Team) ficou em terceiro no geral. Leadro Torres/Idali Filho (Xtreme Plus/Torres Racing) completou em quarto e a dupla Gustavo Lapertosa/Marcello Brandão foi a quinta colocada.
Dezessete UTVs largaram no último dia do rali. Vinte e um partiram de Goiânia rumo a Belo Horizonte.
 
Entre Goiânia (largada) e Belo Horizonte (chegada), o Sertões 2014 passou por mais cinco cidades. Três foram sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completaram o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.
 
Além de motos, UTVs e quads, o Sertões também teve as disputas das categorias carros e caminhões. Foram sete etapas até a chegada em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos. A prova contou com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também foi válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).
 
Os melhores na 7ª Etapa e no acumulado (resultado extraoficial):
 
Motos – 7ª Etapa
1. #1 PAULO GONCALVES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 01h34min57s
2. #2 MARC COMA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 01h36min11s
3. #5 JEAN AZEVEDO (HONDA / HONDA MOBIL DE RALLY) 01h36min47s
4. #12 RUBEN FARIA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 01h38min29s
5. #4 HELDER RODRIGUES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 01h38min40s
 
Motos – Acumulado
1. #2 MARC COMA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 18h21min51s
2. #1 PAULO GONCALVES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 18h25min14s
3. #5 JEAN AZEVEDO (HONDA / HONDA MOBIL DE RALLY) 18h35min56s
4. #4 HELDER RODRIGUES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 18h43min37s
5. #3 JORDI VILADOMS (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 18h48min28s
 
Quads – 7ª Etapa
1. #101 RAFAL SONIK (HONDA / SONIK TEAM) 01h49min25s
2. #105 GABRIEL VARELA (CAN-AM / DIVINO FOGAO RALLY TEAM) 01h52min41s
3. #100 ROBERT NAHAS (PROTOTIPO / RNN SPORTS) 01h54min16s
4. #104 NEI COSTA (NC RALLY TEAM) 01h55min41s
5. #112 DIOGO ZONATO (RNN SPORTS) 01h56min57s
 
Quads – Acumulado
1. #100 ROBERT NAHAS (PROTOTIPO / RNN SPORTS) 20h38min09s
2. #101 RAFAL SONIK (HONDA / SONIK TEAM) 21h01min04s
3. #105 GABRIEL VARELA (CAN-AM / DIVINO FOGAO RALLY TEAM) 21h34min53s
4. #103 TOM ROSA (YAMAHA / NC RALLY TEAM) 22h43min18s
5. #110 RODOLFO BRITO (PARAIBA RALLY TEAM) 23h49min34s
 
UTVs – 7ª Etapa
1. #202 JOSE HELIO/EDMILSON CAMARGO (POLARIS RACING) 01h52min11s
2. #204 CALOS AMBROSIO/CADU SACHS (PODIUM) 01h56min17s
3. #205 FABIO CAMPOS/SERGIO AVALLONE (SACRAMENTO RACING) 01h57min16s
4. #213 VINÍCIUS MOTA/RAFAEL SHIMUK (TAGUATUR RACING) 02h01min054s
5. #208 LEANDRO TORRES/IDALI RODRIGUES FILHO (XTREME PLUS / TORRES RACING) 02h03min22s
 
UTVs – Acumulado
1. #213 VINÍCIUS MOTA/RAFAEL SHIMUK (TAGUATUR RACING) 22h27min12s
2. #218 HENRIQUE GUTIERREZ/ WEIDNER MOREIRA (PODIUM) 22h49min20s
3. #211 ELSON CASCAO II/CLAUDIA GRANDI (KANDANGUS RALLY TEAM) 23h06min24s
4. #208 LEANDRO TORRES/IDALI RODRIGUES FILHO (XTREME PLUS / TORRES RACING) 23h35min52s
5. #219 GUSTAVO LAPERTOSA/MARCELLO BRANDÃO (LAPERTOSA MOTORSPORTS) 26h40min53s
 
Fotos: Jonne Roriz / Webventure
           Victor Eleuterio / Webventure
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Depois de sete dias emocionantes, passando por belas regiões e cruzando os estados de Goiás e Minas Gerais, numa disputa com mais de 2,6 mil km, a 22ª edição do Rally dos Sertões chegou ao seu final neste sábado (dia 30) em Belo Horizonte. A festa na capital mineira aconteceu na bela Lagoa da Pampulha e contou com ótimo público, que também participou da Virada Cultural e viu de perto os campeões do Sertões 2014.
 
Nas motos, o português Paulo Gonçalves (Team Honda HRC) venceu a última especial, disputada entre Diamantina e Belo Horizonte, com 125,88 km cronometrados e diferentes tipos de piso (cascalho, piçarra com lombas e mata-burros), com trechos de trial, subindo e descendo serra. O campeão do Sertões 2013 venceu quatro das sete etapas, mas não conseguiu superar o espanhol Marc Coma (KTM Red Bull Factory Team) que é o novo campeão do Rally dos Sertões. Coma venceu uma especial a menos que o rival, e conquistou seu segundo título na maior prova de off-road do Brasil (o primeiro foi em 2010).
 
Líder do Mundial de Rally Cross Country da FIM, Coma vinha travando um duelo particular com o português e venceu com a vantagem de 3min23s (total de 18h21min51s). Fora da briga internacional, destaque para o brasileiro Jean Azevedo (Honda Mobil de Rally), que terminou em terceiro lugar, a 14min05s de Coma. O português Helder Rodrigues (Team Honda HRC) ficou em quarto, seguido pelo espanhol Jordi Viladoms (KTM Red Bull Factory Team).
 
Das 37 motos que largaram em Goiânia (GO), 32 disputaram a última especial.
 
\"\"
 
Quadriciclos: Vitória brasileira
 
Nos quadriciclos, o paulista Robert Nahas (RNN Sports) faturou seu segundo título seguido, em sua 11ª participação no Sertões. O piloto também foi campeão em 2005 e 2008. Neste sábado, ele administrou a vantagem e chegou em terceiro, a 4min51s do polonês Rafal Sonik (Sonik Team), o vice-campeão.
 
No geral, Nahas fechou as sete etapas em 20h38min09s, 22min54s à frente de Sonik. Gabriel Varela (Divino Fogão Rally Team) ficou em terceiro. Tom Rosa (ATV Yamaha) foi o quarto e Rodolfo Brito (Paraíba Rally Team) terminou em quinto.
 
Sonik, que já venceu o Sertões em 2010 e está liderando o Mundial de Rally Cross Country da FIM, foi o melhor em três especiais deste ano.
 
Dos 17 quadriciclos que iniciaram o rali, nove "sobreviveram" à chegada em Belo Horizonte.
 
\"\"
 
UTVs tem reviravolta na última etapa
 
Nos UTVs, José Hélio Rodrigues e o navegador Edmilson de Camargo Jr. (Polaris Racing / Zé e os Caras 4×4) venceram a última especial, mas o título foi para uma dupla que não ganhou nenhuma etapa, mas soube manter a regularidade: Vinícius Mota / Rafael Shimuk (Taguatur Racing). Eles terminaram em quinto no último dia e foram campões com o tempo de 22h27min12s, mais de 22 minutos de vantagem para os vice-campeões Henrique Gutierrez e Weidner Moreira (Polaris).
 
O resultado foi surpreendente já que a dupla André Sawaya/Eduardo Costa (S2 Rally / Bike Box) liderava até o penúltimo dia de disputas, com mais de 30 minutos de vantagem. Neste sábado, no entanto, eles tiveram uma quebra da homocinética no km 140 e não completaram.
 
Zé Hélio e Camargo Jr. venceram quatro especiais, mas uma quebra em uma das etapas deixou a dupla longe do título, terminando em sétimo no geral. Elson Cascão/Claudia Grandi (Kandangus Rally Team) ficou em terceiro no geral. Leadro Torres/Idali Filho (Xtreme Plus/Torres Racing) completou em quarto e a dupla Gustavo Lapertosa/Marcello Brandão foi a quinta colocada.
Dezessete UTVs largaram no último dia do rali. Vinte e um partiram de Goiânia rumo a Belo Horizonte.
 
Entre Goiânia (largada) e Belo Horizonte (chegada), o Sertões 2014 passou por mais cinco cidades. Três foram sede do rali pela primeira vez: a goiana Catalão e as mineiras Paracatu e São Francisco. Completaram o percurso, Caldas Novas (GO) e Diamantina (MG), que já receberam o Sertões em outras edições.
 
Além de motos, UTVs e quads, o Sertões também teve as disputas das categorias carros e caminhões. Foram sete etapas até a chegada em Belo Horizonte e mais de 2,6 mil km percorridos. A prova contou com 197 competidores no total e pilotos de seis países, além do Brasil: Chile, Espanha, França, Polônia, Portugal e Reino Unido. Nas categorias motos e quads, o Sertões também foi válido pelo Mundial de Rally Cross Country da FIM (Federação Internacional de Motociclismo).
 
Os melhores na 7ª Etapa e no acumulado (resultado extraoficial):
 
Motos – 7ª Etapa
1. #1 PAULO GONCALVES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 01h34min57s
2. #2 MARC COMA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 01h36min11s
3. #5 JEAN AZEVEDO (HONDA / HONDA MOBIL DE RALLY) 01h36min47s
4. #12 RUBEN FARIA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 01h38min29s
5. #4 HELDER RODRIGUES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 01h38min40s
 
Motos – Acumulado
1. #2 MARC COMA (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 18h21min51s
2. #1 PAULO GONCALVES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 18h25min14s
3. #5 JEAN AZEVEDO (HONDA / HONDA MOBIL DE RALLY) 18h35min56s
4. #4 HELDER RODRIGUES (HONDA / TEAM HONDA HRC) 18h43min37s
5. #3 JORDI VILADOMS (KTM / KTM RED BULL FACTORY TEAM) 18h48min28s
 
Quads – 7ª Etapa
1. #101 RAFAL SONIK (HONDA / SONIK TEAM) 01h49min25s
2. #105 GABRIEL VARELA (CAN-AM / DIVINO FOGAO RALLY TEAM) 01h52min41s
3. #100 ROBERT NAHAS (PROTOTIPO / RNN SPORTS) 01h54min16s
4. #104 NEI COSTA (NC RALLY TEAM) 01h55min41s
5. #112 DIOGO ZONATO (RNN SPORTS) 01h56min57s
 
Quads – Acumulado
1. #100 ROBERT NAHAS (PROTOTIPO / RNN SPORTS) 20h38min09s
2. #101 RAFAL SONIK (HONDA / SONIK TEAM) 21h01min04s
3. #105 GABRIEL VARELA (CAN-AM / DIVINO FOGAO RALLY TEAM) 21h34min53s
4. #103 TOM ROSA (YAMAHA / NC RALLY TEAM) 22h43min18s
5. #110 RODOLFO BRITO (PARAIBA RALLY TEAM) 23h49min34s
 
UTVs – 7ª Etapa
1. #202 JOSE HELIO/EDMILSON CAMARGO (POLARIS RACING) 01h52min11s
2. #204 CALOS AMBROSIO/CADU SACHS (PODIUM) 01h56min17s
3. #205 FABIO CAMPOS/SERGIO AVALLONE (SACRAMENTO RACING) 01h57min16s
4. #213 VINÍCIUS MOTA/RAFAEL SHIMUK (TAGUATUR RACING) 02h01min054s
5. #208 LEANDRO TORRES/IDALI RODRIGUES FILHO (XTREME PLUS / TORRES RACING) 02h03min22s
 
UTVs – Acumulado
1. #213 VINÍCIUS MOTA/RAFAEL SHIMUK (TAGUATUR RACING) 22h27min12s
2. #218 HENRIQUE GUTIERREZ/ WEIDNER MOREIRA (PODIUM) 22h49min20s
3. #211 ELSON CASCAO II/CLAUDIA GRANDI (KANDANGUS RALLY TEAM) 23h06min24s
4. #208 LEANDRO TORRES/IDALI RODRIGUES FILHO (XTREME PLUS / TORRES RACING) 23h35min52s
5. #219 GUSTAVO LAPERTOSA/MARCELLO BRANDÃO (LAPERTOSA MOTORSPORTS) 26h40min53s
 
Fotos: Jonne Roriz / Webventure
           Victor Eleuterio / Webventure
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Equipe Mercedes-EQ de Fórmula E começa sua segunda temporada no próximo fim de semana

Neste final de semana a Equipe Mercedes-EQ inicia a sua segunda temporada na categoria Em …