Home Notícias BYD é peça-chave no maior projeto de Bus2Grid do mundo

BYD é peça-chave no maior projeto de Bus2Grid do mundo

Comentários desativados em BYD é peça-chave no maior projeto de Bus2Grid do mundo

O sistema Bus2Grid permite que a energia armazenada por um ônibus elétrico seja retornada à rede de energia.

A BYD anunciou que o primeiro projeto de Bus2Grid do mundo será ativado no verão europeu de 2021 na garagem de ônibus Northumberland Park, da Go-Ahead de Londres.

A BYD UK, por meio de sua parceria com a Alexander Dennis Ltd. (ADL), está fornecendo 28 ônibus elétricos BYD ADL Enviro 400EV de dois andares que, usando tecnologia inteligente, fornecerão carga bidirecional capaz de alimentar a rede elétrica. O projeto representa uma contribuição notável do setor de ônibus para o compromisso do governo do Reino Unido de fornecer emissões “líquidas zero” de gases de efeito estufa até 2050.

Com sua bateria de classe mundial e tecnologia de ponta, a BYD foi fundamental no projeto desde o início, fornecendo uma solução completa de gerenciamento de ônibus elétricos. Ao lado de seus parceiros, a BYD foi responsável pela instalação da nova infraestrutura ‘Vehicle-2-Grid’ (V2G) e é a primeira empresa no setor de veículos comerciais a fornecer tecnologia de descarga de alta potência com capacidade V2G para ônibus elétricos.

O consórcio Bus2Grid é liderado pelo provedor de energia SSE Enterprise em parceria com a BYD Europe, UK Power Networks e Leeds University. O financiamento para o projeto vem do governo do Reino Unido por meio de seu parceiro de entrega, Innovate UK. O suporte adicional vem do provedor de tecnologia Origami and Transport for London, este consórcio reflete uma excelente cooperação entre a indústria automotiva, empresas de energia e a academia para trazer a tecnologia V2G para o transporte público.

A V2G permite que a energia armazenada a bordo de um ônibus elétrico seja retornada à rede de energia de Londres. Os veículos são recarregados durante a noite quando a demanda de energia é baixa e as tarifas mais baratas, com eletricidade realimentada na rede quando a demanda é alta, ajudando assim a equilibrar a rede e aumentar a eficiência.

Os 28 ônibus V2G da BYD-ADL farão parte de uma frota total de 120 veículos elétricos, que tornarão a Go-Ahead Londres a maior garagem de ônibus elétricos do Reino Unido, com capacidade de carga noturna em Northumberland Park. Embora as atuais restrições de bloqueio devido à COVID-19 impeçam a definição de uma data de ‘ativação’, o projeto Bus2Grid está se preparado para o início das operações no verão europeu de 2021.

A BYD, em parceria com a Alexander Dennis Ltd. (ADL), é a líder no mercado de ônibus elétricos do Reino Unido. A ADL é uma subsidiária do fabricante líder global de ônibus independentes, o NFI Group Inc. Os 28 ônibus de dois andares BYD-ADL do projeto Bus2Grid são parte de um pedido de frota maior da Go-Ahead Londres, entregue em 2020, compreendendo 49 modelos de dois andares Enviro 400EV. Existem agora mais de 500 ônibus totalmente elétricos BYD ADL entregues ou encomendados por operadoras em todo o Reino Unido, até o momento registrando mais de 16 milhões de milhas livres de emissões desde 2015.

“Compartilhamos uma visão com nossos parceiros de projeto para oferecer um futuro mais limpo e sustentável”, disse o diretor da BYD no Reino Unido, Frank Thorpe. “Temos um objetivo comum de alcançar todo o potencial da mobilidade. Em breve, estaremos realmente gerando energia para a rede elétrica de Londres, além de fornecer transporte público seguro, limpo e livre de emissões para a capital do país. Estamos muito orgulhosos de fazer parte da equipe do projeto e de apoiar a Go-Ahead London no início do projeto V2G. Este tipo de empreendimento Bus2Grid também tem um enorme potencial em outras partes do Reino Unido”, disse ele. “Ele é um sistema de armazenamento de energia móvel com capacidade para fornecer quantidades significativas de eletricidade para ajudar a equilibrar a rede elétrica de uma cidade e otimizar seu sistema de gestão de energia”.

Kevin Welstead, diretor do Setor EV da SSE Enterprise, disse: “Se vamos fazer um progresso real na descarbonização do transporte e atingir as metas de mudança climática, precisamos otimizar a flexibilidade existente dentro do sistema de energia”.

“O desenvolvimento de uma infraestrutura de carregamento que opere em duas direções, para que as baterias possam dar retorno e receber da rede é uma parte importante disso. Entregar o projeto Bus2Grid é o próximo passo natural no uso de tecnologia inteligente para tornar a cobrança bidirecional uma realidade para os usuários de ônibus de hoje”, finalizou.

Fotos: Divulgação
         Go-Ahead

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Volvo emprestará frota de veículos híbridos para profissionais de saúde

Durante o mês de abril, pessoas ligadas à área de saúde e que estejam com dificuldade de l…