Apesar dos problemas que o impediram de estar mais próximo na batalha pelo título, brasileiro segue focado e quer terminar o campeonato no alto do pódio

Em um ano completamente atípico, em virtude da pandemia global do coronavírus, as principais competições do automobilismo vão chegando ao seu final. A Fórmula Renault Eurocup, que cumpriu seu objetivo de realizar as 10 etapas em rodada dupla, em apenas cinco meses, é uma delas. Neste final de semana (14 e 15), a temporada 2020 será encerrada com mais duas corridas, desta vez em Paul Ricard, na França.

Com o vice-campeonato já garantido, o brasileiro Caio Collet, da equipe R-ace GP, ainda tem chances matemáticas de brigar pelo título e vai lutar até o final. Restam 50 pontos em jogo e a diferença para o líder, o francês Victor Martins, é de 44.

O brasileiro, que esteve sempre dividindo as atenções com o rival ao longo da temporada, poderia estar mais próximo nesta briga. Mas alguns problemas nos últimos finais de semana aumentaram a diferença a favor de Martins.

Depois de vencer a corrida 1 em Ímola (Ita) e também em Hockenheim (Ale), ambas de forma magistral, Collet não levou sorte nas segundas provas. Na Itália, levou um toque de outro piloto e abandonou. Na Alemanha, a quebra do câmbio tirou o brasileiro de mais uma corrida.

Integrante do Renault Sport Academy, Collet sabe que a luta pelo título está mais difícil, mas mantém o foco em busca de novas vitórias. Em 18 corridas realizadas até aqui, o brasileiro soma 11 pódios, com cinco vitórias, cinco segundos lugares e um terceiro, além de três poles.

“Vamos seguir lutando em Paul Ricard. O vice-campeonato já está garantido e os acontecimentos ruins dos dois últimos finais de semana foram provocados por situações que fugiram do nosso controle. Perdemos muitos pontos, que nos impediram de estar mais próximos para disputar o título”, comentou o brasileiro de 18 anos.

“Mesmo assim, vou com o objetivo de vencer as duas provas e fazer o meu melhor, para terminar o campeonato da mesma forma que começamos, lutando por vitórias”, finalizou Collet.

A pista de Paul Ricard não será novidade para o piloto. No ano passado, já na categoria, ele venceu as duas corridas entres os estreantes. Também correu no circuito pela F-4 Francesa, categoria em que foi campeão em 2018.

No mesmo ano, também em Paul Ricard, Collet tornou-se o primeiro brasileiro a ser campeão do “Volante Winfiled”, seletiva que já revelou grandes campeões e lendas do automobilismo mundial, entre eles o tetracampeão de F-1 Alain Prost e o campeão da F-1 de 1996 Damon Hill.

Os treinos no traçado de 3,8 km terão início nesta quinta-feira (12). Na sexta-feira (13), o classificatório para a corrida 2 será às 12h05 (de Brasília). No sábado, acontecerá o classificatório e a corrida 1 (às 11h10 de Brasília). No domingo, a última corrida do ano terá sua largada às 6h25 (de Brasília).

Os classificatórios e corridas em Paul Ricard estão programados para serem exibidos ao vivo pelo Youtube e Facebook da Renault Sport (https://www.youtube.com/user/renaultsport ou https://www.facebook.com/RenaultSportSeries/).

Confira a programação para a etapa de Paul Ricard (Horários de Brasília):

Quinta-feira, dia 12
8h40 às 12h40 – Treinos Coletivos

Sexta-feira, dia 13
4h00 às 4h50 – Treino Livre 1
7h55 às 8h45 – Treino Livre 2
12h05 às 12h25 – Classificatório Corrida 2

Sábado, dia 14
5h40 às 6h00 – Classificatório Corrida 1
11h10 – Largada Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)

Domingo, dia 15
6h25 – Largada Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

Classificação do Campeonato (Top-10):
1. Victor Martins (Fra) 318
2. Caio Collet (Bra) 274
3. Franco Colapinto (Arg) 183,5
4. Alex Quinn (GB) 163
5. David Vidales (Esp) 157
6. Lorenzo Colombo (Ita) 120
7. Grégoire Saucy (Sui) 89,5
8. Wiliam Alatalo (Fin) 86
9. Ugo de Wilde (GB) 80,5
10. Hadrien David (Fran) 69

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe uma resposta

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…