\"\"
 
Novas tecnologias em conectividade, abastecimento de energia e segurança, e exemplo de empreendedorismo acompanham as 81 equipes de universitários de engenharia, que construíram carros off road para disputar a 19ª Baja SAE BRASIL-PETROBRAS. A Competição será realizada entre os dias 14 e 17 de março, no Esporte Clube Piracicabano de Automobilismo (ECPA), Piracicaba-SP.
 
As 81 equipes representam 68 instituições de ensino superior de 17 Estados brasileiros e Distrito Federal (DF). Em 2012 foram 71 equipes participantes.
 
Algumas novidades nas equipes, que testam agora os carros nas faculdades:
 
CONECTIVIDADE – Os veículos das equipes Poli Magnus e Poli Phantom, da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli USP), possuem sistema de conectividade via internet. Com a utilização de um celular o motorista pode receber informações de sua rede social no painel do carro em movimento.
 
Os carros também possuem sistema de identificação do piloto. Apenas os habilitados conseguem ligar o carro, que tem armazenadas as preferências do motorista, como posição dos bancos e retrovisores. Os dois carros da Poli USP possuem câmera embarcada para aquisição de imagens, útil para testes.
 
ENERGIA SOLAR – Todo o sistema de eletrônica embarcada dos carros da Poli USP é alimentado por energia solar. O objetivo é economizar energia e diminuir as emissões de gases poluentes
 
SEGURANÇA – Participante desde 2010, a equipe ITA Baja, formada por 12 estudantes do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), de São José dos Campos, investiu numa tecnologia (quick-release), para soltura rápida do volante. Além de ser proporcionar mais conforto para o piloto entrar no carro, o sistema facilita a saída do veículo com rapidez em caso de acidentes.
 
EMPREENDEDORISMO – Estreante, a equipe Pantanal Baja MS, do Centro Universitário Anhanguera, de Campo Grande – Mato Grosso do Sul, investiu na facilidade de manutenção do sistema motor/transmissão. Toda a estrutura que sustenta o motor, a transmissão e a suspensão traseira é removível. Os parafusos foram instalados para facilitar a montagem e desmontagem do carro. Como se fosse uma empresa, a equipe visou a comercialização do sistema. Assim, os kits do sistema motor/transmissão/suspensão podem ser vendidos prontos para ser instalados na estrutura que o cliente desejar.
 
MENU INTERATIVO – Vice-campeã em 2012, a equipe Mangue Baja 1, da Universidade Federal de Pernambuco, investiu num menu interativo no painel, que pode ser alterado pelo piloto. O carro possui sistema de telemetria, que captura informações do carro (temperatura do óleo, nível do fluído de freio, velocidade, aceleração e espaço percorrido) em tempo real.
 
FAROL AUTOMÁTICO – A equipe FEI Baja 1, do Centro Universitário da FEI desenvolveu um sensor que ascende automaticamente o farol no escuro. 
 
SENSOR DE COMBUSTÍVEL – Para evitar pane seca (falta de combustível), a equipe desenvolveu um sensor, que, por meio de uma luz que ascende no painel e no volante, avisa ao piloto que o combustível acabará em, aproximadamente, 15 minutos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Interior do novo Porsche Taycan é digital, funcional e sustentável

O volante tem uma aparência leve, com dois modelos para escolher A Porsche está entrando n…