De janeiro a abril deste ano, em relação aos primeiros quatro meses de 2014, os carros de entrada, considerados os mais básicos e mais baratos no portfólio de uma marca, voltaram a ser a principal opção entre os consumidores que optam pelo financiamento na hora de adquirir um automóvel leve novo. Já os hatches pequenos, carro que integra o porta-malas ao compartimento de passageiros, perderam participação no mercado de vendas financiadas de autos leves novos. A comparação realizada refere-se ao número de financiamentos nos primeiros quatro meses de 2015 comparados com o mesmo período de 2014.
Apesar da melhora da participação dos carros de entrada no mercado de financiamentos em 2015, a presença do modelo vem diminuindo ao longo dos anos. Em cinco anos, sua representatividade caiu de 34,3%, em 2011, para 25,8%, em 2015. Enquanto isso, os hatches pequenos vêm aumentando sua presença e passaram de 17,1%, em 2011, para 25,2%, em 2015.
O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas. 
De janeiro a abril de 2014, a presença dos hatches pequenos sobre o total financiado era de 27,2%, enquanto a participação dos carros de entrada era de 23,7%. Já no acumulado de 2015, os carros de entrada passaram a ser a preferência, com 25,8% de presença sobre o total financiado, enquanto os hacthes pequenos representaram 25,2% das vendas a crédito. 
O aumento na participação também foi verificado no sedã pequeno.  De janeiro a abril de 2011, o sedã pequeno representava 16,8% do total financiado. No acumulado de 2015, o modelo apresentou crescimento na participação e passou a representar 20% do mercado. 
Entre os modelos, o Palio, da Fiat, foi o carro de entrada mais financiado nos primeiros quatro meses de 2015, com 27.266 unidades vendidas a prazo. Já o Onix, da Chevrolet, liderou os financiamentos dos hatches pequenos, com 27.970 unidades. 
No acumulado de 2015, foram financiados 1.436.294 automóveis leves novos e usados. Desse total, 509.002 foram unidades novas e 927.292 de usadas.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…