Após a produção de um Arrizo 5 na linha de produção da fábrica de Wuhu, na China, a Chery International tornou-se a primeira montadora chinesa a fabricar mais de cinco milhões de veículos de passeio.
Na última década, a Chery alcançou o primeiro estágio do seu plano de expansão de produção e vendas, batizado de “Made in China 2025”, consolidando assim a sua posição de líder entra as automotivas chinesas.  A marca vendeu 475.000 unidades nos primeiros 11 meses de 2015, um aumento de 12,5% em relação ao mesmo período do ano anterior. As vendas totais do Arrizo e do Tiggo representaram mais de 70% do total de vendas da Chery.
Em termos de globalização, a Chery continua dando atenção ao desenvolvimento dos mercados doméstico e externo. Desde a sua fundação, em 1997, a empresa tinha a estratégia de se “internacionalizar”, tornando-se a primeira fabricante de automóveis da China a exportar veículos, motores e tecnologias para países estrangeiros. Até novembro de 2015, a Chery exportou mais de 1,2 milhões de unidades para mais de 80 países e regiões do mundo, estabeleceu 14 bases de produção, mais de 1.100 pontos de venda e mais de 900 redes de serviço pós-venda autorizados fora da China.
Devido ao seu excelente desempenho na globalização, a Chery tem desfrutado da popularidade e influência da marca em alguns mercados no exterior. Na seleção de 2015 do ranking “China Top 20 Empresas em Imagem no Exterior”, organizado por instituições governamentais da China em setembro de 2015, a Chery ficou em terceiro lugar como a fabricante de equipamentos e montadora, à frente de vários gigantes da Internet e de eletrodomésticos.
Segundo Yin Tongyao, presidente global da Chery, a partir de agora a empresa entra na segunda fase do seu plano de transformação estratégica, “momento em que a companhia pretende avançar com inovação independente e consolidar a marca por meio da criação de um novo estilo de vida para seus consumidores, contando com tecnologias de ponta, excelente qualidade e globalização”.
Chery Brasil
A Chery Brasil consolidou-se como a primeira fabricante chinesa de automóveis a se instalar industrialmente no país, com investimento de US$ 530 milhões. O aporte contempla uma fábrica de veículos de passeio e outra de motores, ambas localizadas no Vale do Paraíba, na cidade de Jacareí (SP). A empresa também detém o título de pioneira ao lançar o primeiro automóvel chinês com transmissão automática, o Tiggo. Atualmente, ainda são comercializados a versão manual do mesmo modelo, além do QQ e Celer.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…