\"\"

 
Prestes a inaugurar suas instalações industriais na cidade de Jacareí, a Chery Brasil comemora mais um resultado positivo, agora em suas vendas no mês de julho. Depois de ter sido uma das montadoras que mais cresceu no primeiro semestre do ano, em junho o crescimento no varejo foi de 49,5%, ante pouco mais de 12% do mercado.
 
O principal responsável pelo ganho de participação de mercado foi o modelo QQ. Em julho, foi adotada uma política agressiva de taxa zero e a versão 1.1 passou a ser comercializada por R$ 22.990,00.
 
No mesmo mês chegou às revendas o QQ com nova motorização, 1.0 de três cilindros, com campanha publicitária que segue o conceito “Cheio de Coisas Legais”. O vídeo, que usa animação 3D e elementos lúdicos para exaltar os diferenciais do modelo, ajudou na alta do volume. Juntas, o emplacamento das duas versões do compacto registaram crescimento de 97%. Segundo Laura Formentin, gerente nacional de Marketing da companhia, “este é apenas o primeiro de muitos investimentos em comunicação que contribuirão para fortalecer ainda mais a marca e a imagem da Chery no país".
 
Outro fator que deve ser considerado, além da taxa zero, foi o preço promocional do Celer, que na versão hatch passou a ser comercializado com descontos de até R$ 2 mil no preço de tabela. Com isso, o modelo vendeu quase 60% mais do que no mês anterior.
 
Para o mês de agosto, a Chery manterá a mesma política agressiva de vendas. De acordo com Filipe Pereira, gerente nacional de Vendas da companhia, a rede de concessionários está bastante motivada e a expectativa é de um novo aumento de vendas maior que o mercado: “Diante de um crescimento de mercado esperado em torno de 4% para agosto, nosso planejamento é crescer cerca de 30% em vendas. O QQ com o novo motor 1.0. foi um sucesso total de vendas no primeiro mês de comercialização. Este mês, com o SUV Tiggo e com o lançamento da campanha do Celer, a Chery espera surpreender novamente.”
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 \"\"

 
Prestes a inaugurar suas instalações industriais na cidade de Jacareí, a Chery Brasil comemora mais um resultado positivo, agora em suas vendas no mês de julho. Depois de ter sido uma das montadoras que mais cresceu no primeiro semestre do ano, em junho o crescimento no varejo foi de 49,5%, ante pouco mais de 12% do mercado.
 
O principal responsável pelo ganho de participação de mercado foi o modelo QQ. Em julho, foi adotada uma política agressiva de taxa zero e a versão 1.1 passou a ser comercializada por R$ 22.990,00.
 
No mesmo mês chegou às revendas o QQ com nova motorização, 1.0 de três cilindros, com campanha publicitária que segue o conceito “Cheio de Coisas Legais”. O vídeo, que usa animação 3D e elementos lúdicos para exaltar os diferenciais do modelo, ajudou na alta do volume. Juntas, o emplacamento das duas versões do compacto registaram crescimento de 97%. Segundo Laura Formentin, gerente nacional de Marketing da companhia, “este é apenas o primeiro de muitos investimentos em comunicação que contribuirão para fortalecer ainda mais a marca e a imagem da Chery no país".
 
Outro fator que deve ser considerado, além da taxa zero, foi o preço promocional do Celer, que na versão hatch passou a ser comercializado com descontos de até R$ 2 mil no preço de tabela. Com isso, o modelo vendeu quase 60% mais do que no mês anterior.
 
Para o mês de agosto, a Chery manterá a mesma política agressiva de vendas. De acordo com Filipe Pereira, gerente nacional de Vendas da companhia, a rede de concessionários está bastante motivada e a expectativa é de um novo aumento de vendas maior que o mercado: “Diante de um crescimento de mercado esperado em torno de 4% para agosto, nosso planejamento é crescer cerca de 30% em vendas. O QQ com o novo motor 1.0. foi um sucesso total de vendas no primeiro mês de comercialização. Este mês, com o SUV Tiggo e com o lançamento da campanha do Celer, a Chery espera surpreender novamente.”
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…