Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
A Chevrolet liderou as vendas de automóveis e comerciais leves no Brasil pelo segundo ano consecutivo, feito inédito em sua trajetória no país. Foi ainda a marca que mais cresceu em volume em 2017, totalizando 394,1 mil unidades – incremento de 48,2 mil veículos em relação ao ano anterior.
“A Chevrolet investiu na atualização de produtos, trazendo grandes avanços tecnológicos principalmente em eficiência energética e conectividade total, alinhados com as atuais demandas do consumidor, que também conta com uma ampla e robusta rede autorizada de serviços”, explica Carlos Zarlenga, presidente da GM Mercosul.
Além de liderar os maiores segmentos por tipo de carroceria, o dos hatches e o dos sedãs, a Chevrolet teve evolução significativa em outras segmentações estratégicas. Registrou crescimento anual de 49% nas vendas de modelos aventureiros, crossovers e SUVs, com 60,4 mil unidades – impulsionadas pelo avanço do Trailblazer, pela ampliação da oferta do Novo Tracker e pelo recente lançamento do Equinox.
O mais expressivo crescimento percentual da companhia registrou-se no segmento dos veículos de passeio de médio porte, com alta de 69%, em virtude da excelente recepção da nova geração do Cruze, que teve cerca de 26,5 mil unidades emplacadas em suas duas configurações. O modelo, aliás, firmou-se como o carro turbo mais vendido do mercado nacional.
O modelo de maior sucesso da marca, no entanto, foi o Onix, que completou, em dezembro, 31 meses consecutivos na liderança do mercado. Somou 188,6 mil unidades em 2017 – mais um recorde na trajetória ascendente do produto. Já o Prisma teve seu melhor momento recente, com 68,9 mil unidades emplacadas no ano, fechando como sedã preferido do consumidor brasileiro.
Chevrolet avança na América do Sul
Estes dois modelos também foram destaques em outros importantes mercados da região. A dupla Onix e Prisma consagrou-se a plataforma de maior sucesso comercial na Argentina, com 63,8 mil unidades emplacadas no acumulado com crescimento nas vendas de aproximadamente 100% ante o mesmo período do ano anterior. Outro produto brasileiro com forte ascendência no país vizinho foi a picape S10.
“As evoluções dinâmicas, de design e de conforto promovidas no utilitário ao longo dos últimos meses fizeram da S10 a picape com o maior índice de crescimento da categoria na Argentina: 72%. Um importante avanço que culmina com a celebração dos 100 anos de produção de picapes Chevrolet no mundo”, relata Hermann Mahnke, diretor de Marketing da GM Mercosul.
A Chevrolet se destacou também em outros importantes mercados da América do Sul e liderou as vendas no continente pelo 17º ano consecutivo. Ao todo, a marca da gravata dourada emplacou 662,2 mil unidades na região, incremento de 80,7 mil carros em ralação a 2016 e 193,6 mil carros à frente da segunda colocada.
Veja os 10 modelos mais vendidos da marca na América do Sul:
1. Onix (235,9 mil)
2. Prisma (104,4 mil)
3. S10 (46,3 mil)
4. Cruze (44,7 mil)
5. Tracker (35,5 mil)
6. Sail (34,7 mil)
7. Spin (34,6 mil)
8. Cobalt (25,6 mil)
9. Spark (23 mil)
10. Montana (15,4 mil)
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Última etapa da “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil” começa no Pará

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Comboio com 15 picapes Nissan Fro…