\"\"

 
Nem mesmo Antonio Cairoli, líder do campeonato mundial conseguiu ficar de pé na pista encharcada do motódromo do Beto Carrero em Penha (SC).
 
Com a boa largada do italiano teve quem já apostasse em sua vitória. Só não contavam que na primeira curva Cairoli viria ao chão.
 
Com a queda do italiano, a briga ficou entre Tanel Leok e Christophe Pourcel, a cada metro de pista existia um desafio á espera dos pilotos, deixando bem claro que o vencedor da etapa seria quem errasse menos. Tanel Leok não segurou e encerrou sua participação na 14° posição.
 
Com as motos mais pesadas, o excesso de lama na pista e a pouca visibilidade, a competição exigiu mais atenção e muito preparo físico dos pilotos. Pourcel perdeu o traçado e com ele, a posição para Xavier Boog que mesmo pressionado venceu a segunda bateria da MX1.
 
O melhor brasileiro na competição foi o piloto Antonio Balbi, na 16° posição. Mesmo chegando em oitavo lugar o italiano Antonio Cairoli continua na liderança do campeonato com 191 pontos.
 
Para o piloto Tommy Searle, não existe tempo ruim. Conquistando a primeira colocação logo nas primeiras voltas, o britânico seguiu tranqüilo o caminho para o pódio da MX2.
 
Na soma das baterias Tommy Searle em primeiro, seguido por Christopher Charlier e José Burtron. O melhor brasileiro na categoria foi o piloto Marçal Muller em 18° lugar. Terminando a prova em sétimo, o holandês Jeffrey Herlings continua liderando o mundial com 223 pontos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Edição especial Dolcevita celebra o 62º aniversário do Fiat 500

Duas versões estão disponíveis: conversível, com um exclusivo teto de listras brancas e az…