A Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) registrou 1.784 infrações no mês de maio. Destas, 1.380 são caracterizadas como gravíssimas, 92 graves, 70 médias e 242 como leves. As ações de fiscalização são realizadas em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI).
 
Conduzir motocicleta sem capacete permanece como a infração mais cometida durante o mês, com 569 ocorrências, seguida pela também gravíssima, dirigir veículo sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com 424 casos, e conduzir veículo não registrado ou não devidamente licenciado com 257 aparições durante o mês.
 
A infração grave mais registrada foi conduzir veículo sem equipamento obrigatório ineficiente ou inoperante com 63 ocorrências. Já, a infração média mais incidente foi dirigir veículo com fones de ouvido de aparelho de som ou celular com 38. E a leve mais cometida foi conduzir veículo sem documentos obrigatórios com 233 casos, dentre outras infrações.
 
O Departamento Estadual de Trânsito do Piauí e parceiros (BPRE, Ciptran, PRF, Strans e PM) estão intensificando as blitzen de fiscalização na Capital com a finalidade de conscientizar a sociedade sobre a importância das leis de trânsito.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 50 anos da linha Z com o 370Z 2020

Edição especial do aniversário de 50 anos inspirada no lendário carro de corrida BRE 240Z …