A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta que autoriza o motorista a usar colete refletor à noite, ou em dia de baixa visibilidade, quando o seu veículo estiver parado na pista em situação de emergência (por acidente, defeito, falta de combustível ou outro problema).
 
O texto aprovado foi o substitutivo do relator, deputado Hugo Leal (Pros-RJ), ao Projeto de Lei 781/07, do deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), e apensados.
 
A proposta original prevê o uso obrigatório dos coletes refletores; Leal tornou a utilização optativa. Segundo o relator, as regras atuais determinadas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) já são suficientes para garantir a segurança nas vias nos casos de veículos imobilizados.
 
De acordo com a Resolução 36/98 do Contran, o condutor deve acionar as luzes de advertência (pisca-alerta) e colocar o triângulo de sinalização à distância mínima de 30 metros da parte traseira do veículo.
“As normas de trânsito que orientam as paradas de emergência são bastante claras e, se forem seguidas à risca, praticamente anulam as chances de ocorrência de sinistros”, disse Hugo Leal.
 
Fonte: Agência Câmara Notícias
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Tecnologia criada por mães engenheiras aumenta segurança nos veículos Nissan

Um dos destaques do Novo Nissan Versa, o Alerta de Objetos no Banco Traseiro (Rear Door Al…