As concessionárias de veículos no Brasil encontraram no repasse online de seminovos uma nova alternativa para ampliar seus negócios no Brasil. Em 2017, o lucro com a venda de usados via pregão eletrônico foi da ordem de R$ 2 bilhões, um crescimento de cinco vezes em relação ao exercício anterior, quando os resultados atingiram aproximadamente R$ 412 milhões.
Levantamento exclusivo realizado na plataforma AutoAvaliar, com base nas transações realizadas entre 2,5 mil concessionárias e 20 mil lojistas multimarcas no País entre janeiro e dezembro de 2017, mostra que o valor médio das transações eletrônicas foi de cerca de R$ 26 mil por automóvel, ante os R$ 25 mil verificados no ano anterior.
 
Além do pregão online, também integram o lucro das concessionárias o uso da plataforma de gestão de vendas e estoque e do sistema de avaliação e cotação de usados da AutoAvaliar.
 
“Para se ter uma ideia, a rentabilidade dos nossos clientes com o repasse de veículos chega a dobrar, impulsionado especialmente pela gestão eficiente e controle efetivo na operação”, comenta Daniel Nino, sócio-diretor da AutoAvaliar.
 
Faturamento de R$ 20 bilhões
 
Segundo levantamento da AutoAvaliar, o comércio eletrônico de seminovos no País movimentou cerca de R$ 20 bilhões em 2017. O resultado é cinco vezes maior em comparação com o exercício anterior, quando as vendas atingiram R$ 4,8 bilhões.
 
Segundo Nino, as concessionárias brasileiras estão reinventando seus negócios com a aposta nos seminovos. “O uso de uma plataforma B2B para comércio de veículos traz mais agilidade e garante, sobretudo, maior transparência no repasse de automóveis feito entre concessionárias e lojistas”, comenta o diretor da AutoAvaliar.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Você sabe qual a melhor maneira de transportar seu cachorro em viagens?

*Por René Rodrigues Júnior Dezembro é o mês das festas, das confraternizações, do verão e …