Uma média de dois postes de iluminação pública são abalroados por mês em Teresina. Com o objetivo de reaver o prejuízo, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), deve processar administrativamente o condutor responsável pelo acidente, cobrando o valor gasto na reparação do patrimônio.
 
De acordo com o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marco Antônio Ayres, o valor gasto na recuperação dos danos varia de R$ 5 mil a R$ 20 mil, dependendo da gravidade do acidente. 
 
“Em alguns casos, nós precisamos substituir postes, luminárias, fiação e até o transformador. Então nós temos o dever de ofício de ir atrás para receber o ressarcimento do prejuízo causado”, explica o secretário Marco Antônio. 
 
Os condutores são identificados por meio das câmeras de segurança e também através da certidão de ocorrência repassada pelos órgãos de trânsito. Eles serão notificados administrativamente e, em casos do não cumprimento da ordem, a Prefeitura deve entrar com uma ação judicial contra o motorista.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Volkswagen Jetta ganha versão inédita 250 TSI por R$ 99.990

Com itens de série muito valorizados pelos consumidores do segmento de sedãs médios, model…