911 topo de linha com dinâmica aperfeiçoada

A Porsche apresenta o 911 Turbo S de nova geração com uma potência sem precedentes, maior dinamismo de direção e conforto. O novo 911 topo de linha está sendo lançado nas versões Coupé e Cabriolet, ambas impulsionadas por um novo motor boxer 3,8 litros com dois turbocompressores com geometria variável, que entrega 478 kW (650 cv), 51 kW (70 cv) mais do que seu antecessor. O torque máximo agora atinge 800 Nm (um aumento de 50 Nm). A transmissão Porsche Doppelkupplung (com dupla embreagem) específica para o Turbo reduziu a arrancada de 0 a 100 km/h para 2,7 segundos (uma queda de 0,2 segundos), enquanto a velocidade máxima se manteve inalterada em 330 km/h.

As dimensões do 911 Turbo S foram aumentadas significativamente, em linha com o aperfeiçoamento da dinâmica de direção: a carroceria agora está 45 milímetros mais larga acima do eixo dianteiro (1.840 mm) e a largura total é de 1.900 mm sobre o eixo traseiro (um aumento de 20 mm). Bitolas modificadas, aerodinâmica ainda mais desenvolvida e novos pneus com dimensões diferenciadas para a frente e a traseira contribuem para sua agilidade e esportividade: a bitola do eixo dianteiro agora está 42 mm mais larga, e 10 mm mais larga no eixo traseiro. A aerodinâmica adaptativa agora inclui flaps para o ar de resfriamento controlados na dianteira, enquanto a asa traseira, maior, foi projetada para gerar ainda mais força vertical. Pela primeira vez, o 911 Turbo S transfere sua força para a estrada através de pneus com dois tamanhos diferentes: ele traz pneus com 20 polegadas 255/35 na dianteira e 21 polegadas 315/30 nas rodas traseiras. Novas opções de equipamentos destacam a imagem ainda mais esportiva do 911 com tração nas quatro rodas. Elas incluem o chassi esportivo Porsche Active Suspension Management (PASM – Gerenciamento Ativo da Suspensão), que foi rebaixado em 10 mm e o sistema de escapamento esportivo com flaps ajustáveis, que garante um som diferenciado.

O motor completamente novo do 911 Turbo S é baseado na atual geração do 911 Carrera. Ele apresenta um sistema completamente reprojetado de resfriamento do ar, turbocompressores VTG (com geometria da turbina variável) maiores num layout simétrico com flaps do wastegate (válvula de alívio para excesso de pressão) ajustáveis, assim como o uso de injetores piezoelétricos, que melhorou consideravelmente o desempenho do veículo relativamente às respostas, potência, torque, emissões e limite de rotações.

O novo motor de seis cilindros é alimentado através de um novo sistema de admissão. Nessa fase, o anterior direcionamento do ar utilizado pelo motor e o resfriamento do ar para alimentação foi modificado: parte do ar para o motor agora flui através das características entradas de ar Turbo nas seções laterais traseiras. À frente dos filtros de ar, agora localizados nos para-lamas traseiros, dois outros dutos de ar também foram adicionados, através da grade da tampa traseira. Isto significa que o novo 911 Turbo S tem quatro entradas de ar com uma maior seção transversal e menor resistência, ajudando a aumentar ainda mais a eficiência do motor. Dois turbocompressores simétricos com geometria variável da turbina (VTG) e maiores dimensões substituem os componentes usados anteriormente, com os rotores do compressor e da turbina agora girando em direções opostas. O diâmetro dos rotores das turbinas aumentou cinco milímetros, para 55 mm, enquanto o rotor do compressor, de 61 mm, agora é três milímetros maior. Os flaps do wastegate (válvula de alívio) agora são controlados eletricamente, com motores de passo (motores que dividem a rotação em um número determinado de passos).

O design harmônico, que equilibra com perfeição o prazer de dirigir, dinamismo e esportividade, é adequado de forma ideal para o uso no dia-a-dia, da mesma forma que na pista de corridas. O salto no desempenho dessa nova geração é percebido especialmente na arrancada de 0 a 200 km/h: com uma marca de 8,9 segundos, o novo 911 Turbo S é um segundo inteiro mais rápido que seu antecessor. Graças à tração integral Porsche Traction Management (PTM – Gerenciamento de Tração) aperfeiçoada, a caixa de transferência pode distribuir significativamente mais torque entre os eixos, com até 500 Nm sendo transferidos para as rodas dianteiras. A nova geração do chassi PASM de série também está ainda mais esportiva. Amortecedores mais rápidos e mais precisos proporcionam significativas vantagens para a dinâmica de condução quanto à estabilidade de rolagem, manutenção da trajetória, comportamento da direção e velocidade nas curvas.

A nova dianteira com entradas de ar maiores tem um visual Turbo característico, com dois módulos luminosos dianteiros, assim como faróis de matriz de LED de série com insertos escuros. O defletor dianteiro reprojetado, extensível por um sistema pneumático, e a asa traseira maior, geram uma força vertical 15 por cento maior. As seções com aparência muscular dos para-lamas traseiros com entradas de ar integradas dão ênfase à carroceria esguia do 911 Turbo S. O novo visual traseiro é complementado pelas ponteiras retangulares do escapamento em preto com alto brilho, típicas do Turbo.

O interior tem alta qualidade e acabamento esportivo. A relação de equipamentos de série inclui o acabamento totalmente em couro e detalhes em carbono em combinação com toques em prata. Os bancos esportivos ajustáveis com 18 regulagens trazem costuras que homenageiam o primeiro 911 Turbo (tipo 930). Elementos gráficos de alta qualidade e logos no conjunto de instrumentos completam os característicos detalhes dos Turbos S. A tela central do PCM agora tem 10,9 polegadas e pode ser operada rapidamente e sem distrações, graças ao seu novo layout. Outros itens incluídos de fábrica são o volante esportivo GT, o pacote Sport Chrono com o novo aplicativo Porsche Track Precision integrado e o sistema de som BOSE Surround.

O 911 Turbo S Coupé estará disponível no Brasil para encomenda a partir de Abril com o preço público sugerido de R$ 1.329.000,00. A versão Cabriolet ainda não tem data de disponibilidade confirmada.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Executivas assumem novas funções de liderança em áreas estratégicas da Fiat Chrysler Automóveis na América Latina

Cristiani Campos assume Diretoria de Desenvolvimento de Novos Negócios; Cristiane Paixão a…