Folgas nos pivôs e rompimento das buchas podem indicar desgaste da bandeja de suspensão.

Parte do sistema de suspensão, a bandeja de suspensão ou braço oscilante funciona como um suporte que liga as rodas ao chassi do veículo ou monobloco. “A peça pode interferir na segurança e estabilidade do veículo, por isso é muito importante ficar atento aos indícios de desgaste do componente”, comenta Jair Silva, gerente de qualidade e serviços da Nakata, fabricante de autopeças para o mercado de reposição automotiva com uma linha completa de componentes para suspensão, transmissão, freios e motor.

Silva pontua alguns sinais que podem indicar que chegou a hora da substituição da bandeja de suspensão: folgas nos pivôs, rompimento das buchas, trincas ou amassados e empenamento. “Ruídos agudos em curvas também podem apontar comprometimento da peça, bem como veículo desalinhado”, acrescenta.

A recomendação é fazer revisão a cada 10 mil quilômetros para avaliar as condições dos componentes da suspensão.

O blog Nakata possui mais informações sore este assunto no link: https://blog.nakata.com.br/bandeja-de-suspensao-como-a-falta-de-manutencao-compromete-a-direcao/

Artigos Relacionados
Leia mais em Dicas e Serviços

Deixe uma resposta

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…