A categoria Expedition, com 65 inscritos, é a mais concorrida da etapa.

A Copa Troller promove neste fim de semana (3 e 4 de agosto) o penúltimo rali da temporada, na região de Piracicaba, no interior paulista, com 148 utilitários Troller T4 inscritos, recorde do ano. A organização limitou as inscrições a esse número para garantir a qualidade da prova, que promete muitas emoções.

Esta é a primeira competição da Copa Troller na histórica cidade de Piracicaba – que em tupi significa “o lugar onde o peixe para”, devido às quedas do rio de mesmo nome –, e também é conhecida como “Florença Paulista”. A variedade de terrenos da região permitiu a criação de um roteiro mais técnico e curto, de 50 km, que deve ser percorrido em cerca de cinco horas e proporcionar vários desafios aos participantes.

A categoria Expedition, com 65 inscritos, é a mais concorrida da etapa, seguida da Passeio (46 carros), Turismo (16), Master (11) e Graduados (10). Há duplas de São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Santa Catarina, Mato Grosso e Rio de Janeiro.
O tempo seco desta época do ano é marcado por muita poeira. Mas se for confirmada a previsão de chuva na sexta-feira será possível contar com vários trechos de lama em meio aos canaviais e terrenos acidentados do percurso.

“Os pilotos e navegadores vão gostar desse rali, que vai exigir muito a força do motor do Troller T4”, diz Ricardo Menezes, diretor de prova da Copa Troller. “Ele também tem trechos de pedras e erosões que permitirão colocar em prática várias técnicas de pilotagem.”

Depois de Piracicaba, a Copa Troller segue para a cidade catarinense de São José, em 15 de setembro, fechando o campeonato 2018. E haverá também o rali de encerramento do ano, o Troller Brasil Festival, evento que reúne competição, passeio e entretenimento, programado para a cidade de Itú, SP, no dia 10 de novembro.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Veja quem são os vencedores do Prêmio Top Car TV 2020

O Prêmio Top Car TV de 2020 foi realizado de forma virtual, devido a pandemia, da Covid-19…