Com investimentos de US$ 18 milhões, a nova estrutura reforça segurança, qualidade das operações e eleva a flexibilidade e capacidade produtiva dos motores.

A Cummins Brasil inaugurou oficialmente as novas salas de testes da unidade fabril de Guarulhos (SP), em continuidade aos investimentos realizados para atender à indústria brasileira. O novo projeto, automatizado e com conceitos da Indústria 4.0, chega para reforçar a segurança dos colaboradores, a qualidade das operações, além de elevar a flexibilidade e capacidade produtiva de motores.

O evento de solenidade contou com a participação de Ignacio Garcia, líder da Cummins para América Latina, Neuraci Carvalho, diretora- executiva de Supply Chain da Cummins e Cristina Burrola, diretora de Supply Chain da Cummins para América Latina, além de líderes da manufatura e colaboradores das novas áreas inauguradas. “Entramos em uma nova fase nas operações da Cummins no País, entregando um pacote de valores que traz melhorias em segurança, meio ambiente e qualidade com equipamentos altamente tecnológicos. É um marco histórico nas operações da nossa companhia”, disse Garcia.

Iniciado em 2014, a nova área recebeu investimento de US$ 18 milhões e estrutura autônoma sem influência do operador com benefícios de rastreamento dos motores. O investimento trouxe agilidade, com redução de 60% do tempo dispensado nos testes de cada unidade produzida, substituiu o uso das empilhadeiras por um sistema inteligente de transporte contribuindo com o meio ambiente, além de aumentar a segurança dos colaboradores.

O novo sistema atende 100% da gama de motores produzidos diariamente – atualmente são 230 unidades -, e conta com um sistema de gerenciamento da produção virtual que pode ser controlado remotamente. Este sistema é responsável por fornecer todas as informações necessárias ao operador por meio de ilustrações orientativas e conectado com equipamentos a prova de erro. Todas as informações são compartilhadas com os engenheiros responsáveis.

Com o novo processo, todo o abastecimento das salas é automático, o que trouxe ganho de produtividade. A Cummins inaugurou também uma nova cabine de inspeção de luz negra, capaz de verificar vazamentos nos sistemas diesel, água, ar e óleo. “Os testes das novas salas são realizados atualmente em dois regimes: torque e potência para garantir a qualidade. Na sequência, as operações secundárias, como vazão do Diesel, temperatura de entrada de ar e escapamento entre outros parâmetros”, diz Walter Junior, supervisor de Engenharia de Manufatura da Cummins Brasil.

A conectividade também contribui com o armazenamento de todo o histórico de testes dos motores fabricados, bem como a sua aprovação.

Com os novos investimentos, a companhia ainda utiliza a tecnologia instalada a favor da sustentabilidade. “As novas salas receberam sistema de energia regenerativa, capaz de recuperar 40% da energia consumida em toda a área de montagem de motores e devolver para a rede de distribuição elétrica da unidade fabril de Guarulhos (SP)”, comenta Junior.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat divulga condições especiais no Dia do Supernegócio

Só neste sábado (19), a Fiat fará um esforço jamais visto para compartilhar preços imbatív…