O diretor geral do Departamento Estadual de Trânsito do Piauí (Detran-PI), Arão Lobão,  reuniu-se na manhã desta quarta-feira (15) com o prefeito de Teresina, Firmino Filho e representantes do Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRE), Companhia Independente de Policiamento no Trânsito (CIPTran), Policia Rodoviária Federal (PRF) para firmarem parceria na operação de fiscalização da Blitz de Lei Seca, que passará a ter maior intensidade a partir desta sexta-feira (17). 
As barreiras policiais serão realizadas nas sextas-feiras e sábado, das 22h às 4h, em diversos pontos da cidade. Arão Lobão, diretor-geral do Detran, explica que a intenção é reduzir os acidentes de trânsito por alcoolemia. “A ação é um pedido do governador no intuito de evitar que motoristas que ingerirem álcool circulem pelas ruas da cidade, diminuindo assim consequentemente, os acidentes de trânsito por conta desta combinação”, pontua Lobão.
Em 2016, segundo a CIPTran, foram registradas 182 autuações a condutores dirigindo sob influência de álcool. Desse total, 90 foram presos por crime de embriaguez.
A Lei Seca prevê detenção do condutor, retenção do veículo, suspensão do direito de dirigir e multa de R$ 2.934,70 para o motorista que for flagrado sob o efeito de bebida alcoólica.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford Fund doa 9.000 máscaras para comunidades de São Paulo em projeto que gera renda para costureiras

Em parceira com a Aldeias Infantis SOS Brasil, a iniciativa faz parte do projeto Costura S…