Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Depois de uma sexta-feira e um sábado agitados, com prova inédita noturna e duas especiais de 35km, as duplas da Mitsubishi Cup, o mais tradicional rali cross-country de velocidade do País, ainda encararam um domingo de muita velocidade e adrenalina.
A Fazenda Pimenta, em Indaiatuba (SP), recebeu a 6ª etapa, com duas especiais de rali cross-country, e uma disputa inédita de time-attack. “A nova proposta da Mitsubishi Cup para 2017, com novos desafios, está dando certo. O time-attack agradou, é um espetáculo na terra”, ressalta Du Sachs, diretor de prova. 
Em cada categoria, os carros largaram de dois em dois, em trechos separados porém lado a lado, em busca do menor tempo. O vencedor seguia para novas baterias até a disputa final. Cada uma delas foi acirrada e emocionante, prendendo a atenção do público presente. “Foi uma disputa muito interessante, é uma inovação muito bem-vinda pra nós”, enfatiza Gilson Rocha, navegador da categoria L200 Triton ER.
 
O domingo foi marcado por uma garoa fina e persistente, que baixou a poeira e aumentou a visibilidade das duplas, mas deixou o piso mais complicado de andar. “Muda completamente a navegação, o pneu gira em falso e precisamos corrigir odômetro a cada curva”, explica o navegador Alison Pedroso, da categoria L200 Triton Sport RS. “Foi com certeza a pista mais difícil mais temporada, que exigiu mais do piloto e do navegador, com referências uma em cima da outra, chuva no meio da prova, um trecho completo com média de velocidade bem legal”, completa o piloto da categoria L200 Triton ER Master Thiago Rizzo.
Os desafios deste dia mexeram com a classificação do campeonato, que só será decidido no dia 25 de novembro, em Mogi Guaçu (SP) – neste dia as duplas enfrentarão, além de especiais de cross-country de velocidade, uma prova de rallycross, mesclando terra e asfalto do Autódromo Velo Città.
Campeões da 6ª etapa
Dividida em cinco categorias – L200 Triton Sport RS, L200 Triton ER, L200 Triton ER Master, ASX RS e Pajero TR4 ER – a Mitsubishi Cup está em sua 18ª temporada. Na categoria L200 Triton Sport RS, André Miranda e Alison Pedroso venceram mais uma. “Foi um fim de semana completo. Hoje tudo que tinha dar certo, deu. Ganhamos, e o time-attack deu uma apimentada a mais. É ruim ver o adversário, não estamos acostumados. Mas ganha quem erra menos, então pra nós foi perfeito”, fala André. “Para o campeonato, estamos tranquilos”, garante o primeiro colocado da categoria.
Thiago Rizzo e Leonardo Magalhães levaram a melhor na L200 Triton ER Master. “O time-attack foi bem emocionante e divertido até a última volta. Para o campeonato foi um fim de semana muito bom, porque saímos com a vitória e tem outra dupla que concorre muito forte com a gente – numa das voltas nossa diferença foi de 6 décimos”, ressalta Rizzo. “O piso mudou e foi uma das etapas mais difíceis que já corri. Mas o balanço é positivo, continuamos na liderança do campeonato”, conta Leonardo. “Temos que ir com a mesma pegada e bem preparados, para sair com o título”, conclui Rizzo.
 
Já na categoria ASX RS, Elcio Bardelli Junior e Idali Bosse conquistaram o primeiro lugar. “Estava um pouco complicado e liso por causa da chuva, principalmente no time-attack, mas deu certo e valeu a pena”, fala Elcio. “A gente veio apanhando no início do campeonato, mas chegamos junto aos outros carros e mostramos os dentes. É bacana esse resultado. Muda o ânimo pra ir para a final, e também para o campeonato do que ano que vem”, garante Idali. “Foi um fim de semana sensacional.”
 
Na L200 Triton ER, Marco Falchetti e Gilson Rocha venceram. “As primeiras voltas estavam boas, porque, apesar da chuva, o piso estava firme. No final, ficou mais liso e precisamos tirar um pouco o pé. Indaiatuba é muito bom, uma pista rápida, trava bem, com curva de alta e baixa, freadas fortes… é excelente, espetacular”, ressalta o piloto. “Não visualizamos sair como campeões, é o primeiro ano da nossa dupla e estamos em adaptação, mas vamos continuar nosso trabalho e ano que vem voltamos com força total”, garante o navegador Gilson.
Na Pajero TR4 ER, Marcos Chueda e Luiz Afonso Poli subiram ao lugar mais alto do pódio e aprovaram o time-attack. “É um modelo novo, interessante pela dinâmica, que é rápida. Bem bacana”, conta Chueda. “Vamos seguir assim, para ganhar o campeonato. O rallycross [em abril] foi interessante e vai ser bom de novo.” Eles começam agora a preparação para a final, no Autódromo Velo Città, marcada para 25/11. “Este foi um fim de semana bom, o resultado foi positivo e vamos para Mogi Guaçu animados”, conclui Poli.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford apresenta novo controle de trilhas off-road para F-150 Raptor e Ranger 2019

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.A Ford apresentou um novo recurso…