A Jeep terminou abril com muitas conquistas no Brasil e no exterior. Por aqui, o plano de expansão da rede, que previa 120 concessionárias no mês de lançamento do Jeep Renegade, foi superado com folga. A rede chegou no último dia de abril a 129 lojas comercializando todos os veículos da linha Jeep, tanto o pernambucano Renegade quanto os importados Compass, Cherokee, Grand Cherokee e Wrangler. Essa fase de crescimento ainda vai continuar, para que em dezembro estejam em operação ao menos 200 revendas da marca. Vale lembrar que no final de 2014 a rede tinha 45 concessionárias, o que representa uma ampliação sem precedentes em quatro meses.
 
O balanço do quadrimestre é altamente positivo também nos emplacamentos, que somaram 1.237 unidades, enorme alta de 216,3%. Fenômeno liderado pelo Grand Cherokee, que continua na ponta entre os SUVs grandes de luxo, com 799 registros, 148,9% a mais do que no mesmo período do ano passado. Outro modelo da Jeep, o Compass, também apresentou expressivo aumento de 30,6% nas vendas. O Renegade, com menos de três semanas no mercado, teve 575 emplacamentos – o primeiro deles registrado no dia 11 de abril em Maceió.
 
 
“Foi um mês histórico para a marca, e agora a tendência é de crescimento muito rápido, pois mais de 3 mil unidades foram vendidas no atacado, a grande maioria na última semana de abril”, afirma Sérgio Ferreira, diretor geral da Chrysler Brasil e da Jeep para a América Latina. O mês 4×4 teve, além das inaugurações das lojas e do início de vendas, uma série de ações de marketing na mídia e nas redes sociais, e foi encerrado com um coquetel em todas as lojas no dia 25 de abril, com forte presença de clientes e milhares de encomendas feitas. “A forte demanda que observamos nos dá otimismo para alcançar nossa meta de chegar à liderança do segmento de SUVs compactos ainda este ano, mesmo iniciando os emplacamentos na metade de abril”, conclui Sérgio Ferreira.
 
Nos Estados Unidos, a Jeep teve em abril o melhor mês de todos os tempos, com 71.759 veículos comercializados. Até aqui, as vendas de 2015 se apresentam 22% superiores às do ano passado, nesse que é o maior mercado para a marca no mundo. O Renegade, que teve seu primeiro mês cheio por lá, ajudou nesse recorde, com 4.214 unidades vendidas – número expressivo em um país no qual modelos compactos ainda representam uma fatia pequena do bolo.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Recall de espelhos retrovisores para Fiat Mobi e Grand Siena

Campanha envolve 3.217 unidades do Fiat Mobi e 843 do Fiat Grand Siena A Fiat Chrysler Aut…