De acordo com o levantamento realizado pela Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade que representa cerca de 7,6 mil concessionários de veículos automotores, o total de emplacamentos registrados no mês de novembro foi 6,38% maior que em outubro deste ano. Ao todo, foram comercializadas 311.477 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, contra as 292.791 unidades em outubro. No entanto, se comparado com novembro do ano passado (420.945 unidades), houve queda de 26,01%. No acumulado do ano, a retração de todos os segmentos somados foi de 21,20%, na comparação com o mesmo período de 2014.
Os segmentos de automóveis e comerciais leves apresentaram alta de 2,20%, totalizando 189.358 unidades em novembro, contra 185.276 em outubro. Na comparação com novembro do ano passado (279.814 unidades), o resultado aponta uma queda de 32,33%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 24,16%. Foram comercializadas 2.256.279 unidades de janeiro a novembro, contra 2.978.148 no mesmo período de 2014.
Para o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, a alta nos emplacamentos em novembro não é significativa, uma vez que a retração se mantém no acumulado para todos os segmentos. “A volatilidade do mercado continua baixa, e não identificamos uma tendência diferente da que já temos observado nos últimos meses. A diferença positiva, no resultado total de novembro, se deu pelo segmento de motocicletas, notadamente das de baixa cilindrada (50cc), conhecidas como cinquentinha, cujo emplacamento passou a ser obrigatório em novembro. Assim, a evolução das cinquentinhas chegou a 155% em comparação ao mês de outubro, quando foram registradas 8.682 unidades destas motos, passando para 22.129 unidades emplacadas em novembro”, declarou Assumpção Júnior.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…