Home Notícias Energia com neutralidade climática para Audi Hungria

Energia com neutralidade climática para Audi Hungria

Comentários desativados em Energia com neutralidade climática para Audi Hungria

Projeto em conjunto entre Audi e E.ON resultará no maior sistema fotovoltaico instalado na cobertura da Audi Hungria.

Juntamente com a E.ON, a Audi está construindo um parque de energia solar nos telhados dos dois centros de logística de sua fábrica em Győr, cobrindo cerca de 160.000 metros quadrados. Isso criará o maior sistema fotovoltaico da Europa instalado em um prédio na fábrica da Audi na Hungria em Győr. Ele terá um pico de produção de 12 megawatts. As obras começarão em agosto de 2019 e a geração de energia renovável começará no início do próximo ano.

“Estamos comprometidos com o uso econômico dos recursos e, portanto, queremos manter o impacto ambiental da nossa produção o mais baixo possível. Aproximadamente 70% da geração de calor da Audi Hungria já são cobertos por energia geotérmica climaticamente neutra. Nossa meta é ter uma operação completamente neutra em carbono no futuro. Com a construção de parques de células solares, estamos dando agora mais um passo para conseguir isso em termos de fornecimento de energia”, disse Achim Heinfling, Presidente do Conselho de Administração da Audi Hungria Zrt.

Como parte do projeto com a E.ON Hungria, a Audi fornecerá as áreas de cobertura dos dois centros logísticos, cada um com cerca de 80.000 metros quadrados, para a construção de um parque de energia solar. Será o maior sistema fotovoltaico da Europa instalado em um telhado já construído. A E.ON colocará o parque em operação, composto por 35.000 painéis solares, e continuará a operá-lo, com uma produção anual de mais de 9,5 gigawatts-hora (GWh) de eletricidade. Isso corresponde às necessidades anuais de energia de 5.000 residências. Graças à eletricidade verde de fontes regenerativas, cerca de 6.000 toneladas a menos de dióxido de carbono serão liberadas na atmosfera.

“Estamos trabalhando consistentemente para uma maior sustentabilidade em toda a cadeia de valor”, disse Peter Kössler, membro do Conselho de Administração de Produção e Logística da Audi AG. Até 2030, queremos que todos os nossos locais de produção sejam climaticamente neutros. O uso de energias renováveis é uma alavanca importante para isso.”

Karsten Wildberger, membro da diretoria da E.ON, acrescenta: “O gerenciamento inteligente de energia é indispensável para as companhias que desejam atingir suas metas de sustentabilidade. Ajudamos clientes como a Audi a combinar proteção climática com suas atividades empresariais e assim criar valor para seus clientes e para a sociedade. “

Além disso, a Audi AG, juntamente com seus parceiros, está comprometida em alimentar os recursos em ciclos fechados e reutilizá-los da forma mais completa possível. “Fomos o primeiro fabricante premium a ter a pegada de carbono medida e certificada em 2014. Desde então, temos trabalhado constantemente para reduzi-la ainda mais”, disse Rüdiger Recknagel, Chefe de Proteção Ambiental da Audi AG. “Também estamos instalando novas tecnologias em todas as nossas fábricas para reduzir o consumo de água, evitar a poluição do ar e melhorar a reciclagem”.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Volkswagen anuncia atualizações remotas de software modelos ID.

Marca segue se transformando numa provedora de mobilidade orientada por software A Volkswa…