Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

 

 
A equipe paulista Unicamp E-Racing, da Universidade Estadual de Campinas, se sagrou campeã na estreia da competição Formula SAE Electric EUA 2013, realizada pela SAE International e encerrada no último sábado (22), em Lincoln, Nebraska, Estados Unidos. Única a realizar todas as provas estáticas e dinâmicas na competição, que contou com 20 equipes inscritas, a Unicamp E-Racing conquistou 985 pontos, de um total de 1.000, índice nunca alcançado por uma equipe de Formula SAE em todo mundo. 
 
Com carenagem em fibra sintética de aramida, o carro de Campinas é movido por motor elétrico acionado por 76 baterias de LiFePO4, que chegam a 300 volts e 120 CV (85 kilowatts) de potência, limite estabelecido pelo regulamento da SAE International. Com uma carga de 2h nas baterias, o carro roda 25 km. Pesa 250 kg e atinge velocidade máxima de 170 km/h. A equipe é composta por 11 estudantes.
 
Na Formula SAE Lincoln 2013, categoria a combustão e realizada no mesmo local, o Brasil foi representando pela equipe estreante Fórmula UFSM, da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que obteve a 27ª colocação na classificação geral da competição, resultado considerado muito bom pela SAE BRASIL, em razão do elevado nível técnico dos veículos. Na categoria, compareceram 60 equipes, entre 80 inscritas, do Canadá, México, Japão, Índia e Estados Unidos, além do Brasil.
 
\"\"
 
No sábado (22), apenas 28 equipes, inclusive as duas brasileiras, conseguiram terminar o enduro, a prova mais esperada da competição. 
 
Composta por 19 estudantes de engenharia, a equipe Formula UFSM obteve a 6ª colocação no Prêmio de Apresentação 3D. Com sistema de gerenciamento eletrônico MOTEC 1800, o carro gaúcho faz 11 km/l de gasolina, atinge velocidade máxima de 180 km/h e pesa 230 kg.
 
Juízes – Este ano três juízes brasileiros trabalharam na realização das provas, em Lincoln: os engenheiros Ricardo Takahira, na inspeção elétrica, Aldo Fantelli, inspeção técnica, e Cleber Willian Gomes, em Design. Para a SAE BRASIL, a troca de experiência lá fora elevará o nível técnico da competição brasileira. 
 
As equipes Unicamp E-Racing e Fórmula UFSM ganharam o direito de representar o Brasil em Lincoln após conquistarem o primeiro e segundo lugares, respectivamente, nas categorias elétrica e combustão, durante a Fórmula SAE BRASIL-PETROBRAS, realizada no final de 2012, em Piracicaba, SP.
 
\"\"
 
Veículos Fórmula SAE – Os carros Fórmula SAE a combustão têm motores de 4 tempos e cilindrada máxima de 610 cm³. Já os elétricos devem ser tracionados com motores elétricos alimentados a partir de baterias de até 600 volts (esse limite varia de acordo com o País onde é realizada a competição). A construção dos veículos devem obedecer às normas do regulamento da competição, disponível no site da SAE BRASIL – www.saebrasil.org.br -, que exige das equipes (com até 20 integrantes) que se especializem nos variados sistemas que compõem um carro deste tipo, como powertrain, freios, direção, suspensão, sistemas elétricos, chassis e segurança.
 
Os carros Fórmula SAE surgiram em 1978, nos EUA, e, desde então, são projetados e construídos por equipes de estudantes de graduação e pós-graduação de engenharia, de acordo com regras definidas pela SAE International e sob a orientação de um professor.
 
Além do Brasil e Estados Unidos, as competições de carros Fórmula SAE combustão são realizadas na Inglaterra, Alemanha, Austrália, Áustria, Espanha, Hungria, Itália e Japão. O Brasil ingressou no circuito em 2004, com objetivo de fomentar nos estudantes de engenharia a especialização técnica em veículos de alto desempenho. 
 
Já a categoria Elétrica faz parte das competições no Brasil, Alemanha, Itália, Inglaterra, Austrália e, agora, nos EUA. O objetivo principal da categoria elétrica é aumentar o conhecimento técnico na área de motores 100% elétricos para as novas gerações de engenheiros, responsáveis pelas novas tendências da engenharia.
 
“O objetivo maior do conhecimento tecnológico está no processo de inovação e de introdução de novas tecnologias para sua utilização sistêmica, com fins econômicos e sociais. É essa a filosofia que a SAE BRASIL adota em suas competições estudantis, que desafiamos estudantes de engenharia à ousadia e à criatividade aplicadas aos projetos desenvolvidos por eles”, afirma o engenheiro Ricardo Reimer, presidente da SAE BRASIL.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

e-Golf – o best-seller da Volkswagen em versão elétrica

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Nova geração do hatch elétrico of…