Guilherme Spinelli e Paulo Fiuza, da Equipe Mitsubishi Petrobras, terminaram o rali Baja Aragon, na Espanha, em sexto lugar. Depois de um prólogo desafiador, com chuva, e quatro especiais somando quase 700km, a dupla alcançou uma boa posição na classificação geral. "Ficamos entre os dez em um grid com as melhores equipes e duplas da atualidade", celebra Guiga, que não disputava um rali desde o Dakar, em janeiro.
 
"O ASX Racing estava muito bem e também precisei me acostumar a ele, que evoluiu bastante", explica. "Andamos em um ritmo mais forte do que ontem, mas sempre pensando que na próxima sexta-feira o carro embarca para o Brasil para o Rally dos Sertões. A prova foi perfeita como treino para nosso próximo desafio, já que as especiais foram parecidas com o que encontraremos no Brasil", conta o piloto Guiga.
 
Ao lado do navegador Fiuza, ele ganhou duas posições durante as especiais de hoje. "O Paulo foi perfeito. Nunca tínhamos trabalhado juntos, mas funcionou muito bem. Ele com certeza é um dos melhores da atualidade."
 
\"\"
 
"Gostei muito da prova. Foi dura, mas no modo geral muito boa. O carro é fantástico e foi ótimo testá-lo para o Sertões. O balanço é positivo", fala Fiuza, que já foi campeão português de rali cross-country, além de ter ficado entre os cinco melhores no Rally Dakar deste ano e vencido diversas etapas do Mundial de Rali. "E também quero agradecer o Guiga pelo convite para esta competição."
 
"Embora eu sempre busque a vitória, saio desse mundial de rali bastante satisfeito com o que fizemos", conclui Guiga, que está pronto para o Rally dos Sertões – a competição começa dia 23 de agosto, em Goiânia, e terá mais de 1600 quilômetros de especiais entre os Estados de Goiás e Minas Gerais.
 
Baja Aragon – Espanha
 
Com mais de 700 quilômetros de especiais, o Baja Aragon tem algumas características bem diferentes dos ralis que a Equipe correu ultimamente. Na sexta-feira, há o prólogo. No sábado, duas especiais, uma de manhã, mais curta, e outra à tarde, mais longa. E, no domingo, as duplas percorrem novamente esses dois trechos. A prova é uma das tradicionais de cross-country, parte do Campeonato Mundial.
 
Classificação Geral – Baja Aragon – Espanha
1. Nani Roma/Michel Perin
2. Orlando Terranova/Moises Torrallardona
3. Martin Kaczmarski/Tappio Suominen
6. Guilherme Spinelli/Paulo Fiuza – Equipe Mitsubishi Petrobras
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Guilherme Spinelli e Paulo Fiuza, da Equipe Mitsubishi Petrobras, terminaram o rali Baja Aragon, na Espanha, em sexto lugar. Depois de um prólogo desafiador, com chuva, e quatro especiais somando quase 700km, a dupla alcançou uma boa posição na classificação geral. "Ficamos entre os dez em um grid com as melhores equipes e duplas da atualidade", celebra Guiga, que não disputava um rali desde o Dakar, em janeiro.
 
"O ASX Racing estava muito bem e também precisei me acostumar a ele, que evoluiu bastante", explica. "Andamos em um ritmo mais forte do que ontem, mas sempre pensando que na próxima sexta-feira o carro embarca para o Brasil para o Rally dos Sertões. A prova foi perfeita como treino para nosso próximo desafio, já que as especiais foram parecidas com o que encontraremos no Brasil", conta o piloto Guiga.
 
Ao lado do navegador Fiuza, ele ganhou duas posições durante as especiais de hoje. "O Paulo foi perfeito. Nunca tínhamos trabalhado juntos, mas funcionou muito bem. Ele com certeza é um dos melhores da atualidade."
 
\"\"
 
"Gostei muito da prova. Foi dura, mas no modo geral muito boa. O carro é fantástico e foi ótimo testá-lo para o Sertões. O balanço é positivo", fala Fiuza, que já foi campeão português de rali cross-country, além de ter ficado entre os cinco melhores no Rally Dakar deste ano e vencido diversas etapas do Mundial de Rali. "E também quero agradecer o Guiga pelo convite para esta competição."
 
"Embora eu sempre busque a vitória, saio desse mundial de rali bastante satisfeito com o que fizemos", conclui Guiga, que está pronto para o Rally dos Sertões – a competição começa dia 23 de agosto, em Goiânia, e terá mais de 1600 quilômetros de especiais entre os Estados de Goiás e Minas Gerais.
 
Baja Aragon – Espanha
 
Com mais de 700 quilômetros de especiais, o Baja Aragon tem algumas características bem diferentes dos ralis que a Equipe correu ultimamente. Na sexta-feira, há o prólogo. No sábado, duas especiais, uma de manhã, mais curta, e outra à tarde, mais longa. E, no domingo, as duplas percorrem novamente esses dois trechos. A prova é uma das tradicionais de cross-country, parte do Campeonato Mundial.
 
Classificação Geral – Baja Aragon – Espanha
1. Nani Roma/Michel Perin
2. Orlando Terranova/Moises Torrallardona
3. Martin Kaczmarski/Tappio Suominen
6. Guilherme Spinelli/Paulo Fiuza – Equipe Mitsubishi Petrobras
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…