Home Notícias Ex-presidente da Fiat e da Anfavea, Silvano Valentino morre aos 79 anos

Ex-presidente da Fiat e da Anfavea, Silvano Valentino morre aos 79 anos

Comentários desativados em Ex-presidente da Fiat e da Anfavea, Silvano Valentino morre aos 79 anos

 

 
Faleceu ontem (14), em Belo Horizonte, MG, o engenheiro Silvano Valentino, que comandou a Fiat no Brasil por duas décadas. Nascido em Monferrato, região de Turim, na Itália, em 8 de janeiro de 1935, Valentino formou-se em Engenharia Mecânica pelo Instituto Politécnico de Turim, uma das mais conceituadas instituições da Europa.
 
Desenvolveu sua carreira a partir dos anos 1960 na fábrica da Fiat de Mirafiori, na Itália, e em 1970 foi designado para responder pela implantação da fábrica de Cassino, também na Itália, assumindo a seguir a sua direção.
 
Foi diretor de Pessoal (Recursos Humanos ) do grupo na Itália e, em 1976, transferiu-se para o Brasil, como vice-presidente em exercício da recém-inaugurada Fiat Automóveis, em Betim, Minas Gerais. A seguir, passou a ocupar o posto de diretor-superintendente da empresa.
 
Em 1987, assumiu a presidência da Fiat Automóveis e, em 1989, tornou-se também presidente da Fiat do Brasil, holding do grupo Fiat no País. Entre 1995 e 1998 foi presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Permaneceu à frente do Grupo Fiat no Brasil por 22 anos, até 1998.
 
O presidente da Fiat Chrysler para a América Latina, Cledorvino Belini, lamentou sua morte e afirmou: “Silvano Valentino deu forma e identidade à Fiat Automóveis e aprendemos a admirá-lo e a respeitá-lo por sua coerência, elegância e inteligência refinada”. Seu corpo foi velado em Belo Horizonte, MG.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Ex-presidente da Fiat e da Anfavea, Silvano Valentino morre aos 79 anos

Comentários desativados em Ex-presidente da Fiat e da Anfavea, Silvano Valentino morre aos 79 anos

 

 
Faleceu ontem (14), em Belo Horizonte, MG, o engenheiro Silvano Valentino, que comandou a Fiat no Brasil por duas décadas. Nascido em Monferrato, região de Turim, na Itália, em 8 de janeiro de 1935, Valentino formou-se em Engenharia Mecânica pelo Instituto Politécnico de Turim, uma das mais conceituadas instituições da Europa.
 
Desenvolveu sua carreira a partir dos anos 1960 na fábrica da Fiat de Mirafiori, na Itália, e em 1970 foi designado para responder pela implantação da fábrica de Cassino, também na Itália, assumindo a seguir a sua direção.
 
Foi diretor de Pessoal (Recursos Humanos ) do grupo na Itália e, em 1976, transferiu-se para o Brasil, como vice-presidente em exercício da recém-inaugurada Fiat Automóveis, em Betim, Minas Gerais. A seguir, passou a ocupar o posto de diretor-superintendente da empresa.
 
Em 1987, assumiu a presidência da Fiat Automóveis e, em 1989, tornou-se também presidente da Fiat do Brasil, holding do grupo Fiat no País. Entre 1995 e 1998 foi presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Permaneceu à frente do Grupo Fiat no Brasil por 22 anos, até 1998.
 
O presidente da Fiat Chrysler para a América Latina, Cledorvino Belini, lamentou sua morte e afirmou: “Silvano Valentino deu forma e identidade à Fiat Automóveis e aprendemos a admirá-lo e a respeitá-lo por sua coerência, elegância e inteligência refinada”. Seu corpo foi velado em Belo Horizonte, MG.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat Pulse tem 4 mil unidades reservadas em 48 horas

Mediante sinal de R$ 3 mil, cliente pode iniciar a compra do primeiro SUV da Fiat O lançam…