Desta vez, expedicionários vão ter como companheira de aventura as versões produzidas na Argentina da picape da Nissan

Reconhecida nacionalmente e internacionalmente pela sua proposta atrevida, a Expedição Nissan vai voltar às estradas do Brasil no fim deste mês. O conceito segue o mesmo da primeira edição do projeto, realizada em 2017 e 2018: o compromisso da Nissan de estar cada vez mais presente no dia a dia dos brasileiros, unindo os produtos da marca com ações que contribuam com o país. Não é um passeio para falar do produto, mas uma expedição temática para contribuir com a divulgação de patrimônios e aspectos históricos, culturais e naturais do Brasil.

A nova edição da Expedição Nissan vai percorrer estradas e trilhas com um novo tema. Se na primeira o foco foram as pinturas rupestres, agora os expedicionários irão seguir na “Rota dos Patrimônios do Brasil”. Mas as características que tornaram o projeto um sucesso para a divulgação das riquezas do país estão todas mantidas: além de irem aos locais que ressaltam o tema do projeto, há o acompanhamento de pesquisadores e especialistas em cada lugar e também imersão na rica cultura e tradições das regiões por onde passa a frota de picapes Nissan Frontier.

Outra novidade está exatamente ligada à Nissan Frontier. A expedição que vai começar será formada por uma frota de 15 picapes produzidas na fábrica de Córdoba, na Argentina, que têm ainda mais versões, equipamentos e evoluções mecânicas e de projeto em comparação aos modelos usados na edição anterior, que eram importados do México. A Nissan Frontier é mais do que força, por isso uma combinação de tecnologias permite extrair o máximo em desempenho no fora-de-estrada e garantir uma condução confortável, fundamental para superar os longos trechos percorridos pela expedição.

A primeira etapa será na região Sul do país, o que também é inédito para o projeto, já que na primeira edição esta foi a única região que a frota não visitou. A “Expedição Nissan: Na Rota dos Patrimônios do Brasil” vai começar no dia 25 de novembro.

“Com a primeira Expedição Nissan, fomos além do que imaginávamos e ficamos muito empolgados com a contribuição que conseguimos, com ajuda dos nossos convidados, para a divulgação de vários locais emblemáticos do Brasil. Ficou inevitável voltarmos à estrada. Ainda existem pontos importantes de nossa história, e o trabalho de muitos brasileiros, que podemos ajudar a ser mais conhecidos pela população geral. Poderíamos mostrar nossos produtos de outra maneira, mas acreditamos que podemos fazer isso também realmente apoiando a nossa história e cultura”, afirma Rogério Louro, diretor de Comunicação Corporativa da Nissan do Brasil.

O conceito diferenciado, que valoriza a divulgação histórica e cultural e destaca o dia a dia das regiões visitadas, ao mesmo tempo que garante uma experiência real de condução de um veículo, fez a Expedição Nissan receber inúmeros reconhecimentos, como o Prêmio Aberje 2018, na categoria Eventos, e Certificate of Excellence do SABRE Awards Latin America 2018. E o livro que resume a primeira edição do projeto acaba de receber o Prêmio Aberje 2019 na categoria Publicação Especial.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fiat apresenta mais detalhes da Nova Strada em site exclusivo

Página oficial para conhecer a nova picape estará disponível a partir desta terça-feira, d…