Extreme E, a série pioneira de corrida de veículos off-road elétricos recebeu oficialmente o status de Categoria Internacional pela FIA.

A decisão foi tomada durante o FIA World Motorsport Council (WMSC), liderado pelo presidente da FIA, Jean Todt.

Alejandro Agag, CEO da Extreme E, disse: “Todos nós da Extreme E estamos muito satisfeitos por ter este selo de aprovação e sermos oficialmente classificados como uma categoria internacional da FIA. Temos trabalhado muito para atingir esse objetivo e a velocidade de reconhecimento para parte da FIA dá a todos nós um grande impulso de confiança enquanto nos preparamos para começar nossa primeira temporada em 2021.”

“Esta certificação confirma que Extreme E operará de acordo com os padrões internacionais da FIA e também nos beneficiaremos muito com as valiosas contribuições da FIA e do ACM (Auto Club de Mônaco). As décadas de experiência esportiva e técnica da FIA serão importantíssimas para começar esta excitante nova jornada esportiva juntos.”

O Extreme E atraiu um grande impulso no mundo do automobilismo desde seu lançamento em janeiro de 2019 e já comemorou muitos momentos importantes.
Seu SUV elétrico de última geração, chamado ODYSSEY 21, que pode ir de 0 a 100 km/h em apenas 4,5 segundos, em inclinações de até 130%, foi muito bem recebido por diversos pilotos de classe mundial que o testaram, incluindo aqueles que competem no mais alto nível na Fórmula 1, Rally Dakar, Rally Mundial, Rallycross Mundial e Fórmula E.

A série já atraiu uma grade inicial de equipes de alta gama, entre as quais estão Andretti United, apoiado por Michael Andretti e Zak Brown; X44 pelo seis vezes campeão mundial de F1 Lewis Hamilton; Chip Ganassi Racing, dos Estados Unidos; Abt e HWA da Alemanha; Veloce Racing, apoiada pelo bicampeão da Fórmula E Jean Eric-Vergne e pelo designer Adrian Newey; Techeetah, atual tricampeão da Fórmula E; e QEV Technologies, da Espanha.

Extreme E levará SUVs elétricos e tecnologias futurísticas para alguns dos ambientes mais remotos e extremos do mundo. Esta jornada global de cinco eventos utilizará sua plataforma de esportes para promover a energia elétrica, a sustentabilidade e a igualdade.

O objetivo é destacar o impacto das mudanças climáticas em alguns dos ambientes mais remotos do mundo, promover a adoção de veículos elétricos para preparar o caminho para um futuro com menos carbono e fornecer uma plataforma de esportes motorizados com igualdade de gênero.

A Extreme E também está ajudando a indústria automotiva a desenvolver tecnologias inovadoras usando as corridas como uma plataforma para inovação na estrada.
Extreme E começará no início de 2021 e os espectadores poderão assistir toda a ação ao vivo na BBC (Reino Unido), Discovery (Europa e América do Norte), FOX Sports (EUA, Canadá e Caribe), FOX Sports Asia (Sudeste Asiático) , FOX Sports Austrália, Mediaset (Itália), Sony India (subcontinente indiano), TVNZ (Nova Zelândia), RTM (Malásia), Dubai Sports (Oriente Médio), RDS (Canadá), China Sports Zhibo. tv (China), RTL 7 (Holanda), ORF (Áustria), ESPN África e StarTimes (África), Saran (Turquia) e BTRC (Bielo-Rússia).

A série terá um lançamento virtual em 27 de outubro às 14:00 GMT. Visite www.extreme-e.com para se registrar e receber as últimas notícias enquanto a contagem regressiva continua para o primeiro campeonato Extreme E.

Artigos Relacionados
Leia mais em Destaques

Deixe uma resposta

Veja também

Novo DAF XF ganha cor laranja e amplia opção de customização do modelo

Aurora Orange completa a gama de 13 cores disponíveis para o extrapesado O novo DAF XF, la…