A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) é líder no mercado brasileiro de automóveis e comerciais leves no acumulado do ano. De janeiro a novembro, a empresa contabiliza 450.978 veículos comercializados, o equivalente a 18,7% de participação no mercado. Em relação a igual período do ano anterior, as vendas da FCA cresceram 14%, praticamente o dobro da taxa de expansão do mercado nacional de veículos no mesmo período. A empresa posicionou três modelos entre os dez mais vendidos: os Fiat Argo e Strada e o Jeep Renegade.

Vendas da Jeep crescem 21,9%

A marca Jeep mantém ao longo do ano um ritmo acelerado de expansão de vendas. De janeiro a novembro, a marca comercializou 117.987 veículos, superando em onze meses o total comercializado em todo o ano passado. Na comparação com igual período de 2018, as vendas da marca cresceram 21,9%.

Devido ao seu crescimento acelerado, a marca Jeep subiu uma posição no ranking nacional de vendas, ocupando a oitava posição no acumulado do ano. A participação de mercado da Jeep é de 4,9%.

A marca lidera o segmento de SUVs, com 22% de participação. O SUV mais vendido no Brasil é o Jeep Renegade, com mais de 63 mil unidades comercializadas desde janeiro e 11,8% de participação no segmento, seguido pelo Jeep Compass, com 54.530 emplacamentos e 10,2% de participação.

A diretora do Brand Jeep para a América Latina e comercial Jeep Brasil, Tania Silvestri, destaca que o Brasil é o segundo maior mercado da marca no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos. “O Brasil se destaca também como o mercado em que a Jeep tem o maior market share no segmento de SUVs, com uma participação de 22%”, afirma. “Estamos investindo para manter a liderança em um mercado cada vez mais competitivo”, acrescenta.

Fiat ganha participação de mercado

A marca Fiat registrou 332.273 veículos vendidos de janeiro a novembro, crescendo 11,5% em relação a igual período do ano anterior. A marca alcançou 13,8% de participação de mercado, em resultado puxado principalmente pelo bom desempenho dos modelos Fiat Argo, Strada e Toro.

O Fiat Argo continua a expandir sua presença no mercado e fechou o acumulado do ano com 70.968 unidades vendidas desde janeiro, o que representa uma expansão de 20,3% e relação a igual período de 2018. Em novembro, o modelo alcançou seu melhor desempenho mensal desde que foi lançado, com 8.270 unidades emplacadas, e 3,6% de participação de mercado entre todos os modelos comercializados. Foi o terceiro automóvel mais vendido no Brasil no mês. Com este resultado, o Argo já ultrapassou o patamar de 160 mil unidades emplacadas desde seu lançamento. O bom desempenho do modelo fortaleceu a presença da marca no segmento de hatches, com 138.893 carros vendidos e 14,8% de participação no segmento em 2019.

A Fiat ainda confirmou sua força nos segmentos de picapes e vans. Entre as picapes, a marca registrou 129.085 unidades vendidas dos modelos Fiat Strada e Toro, acumulando uma participação de 41,4% no segmento. Fiat Strada liderou o segmento nacional e picapes, seguida por Fiat Toro na vice-liderança. Em relação a igual período do ano passado, as vendas cresceram 13,2%. Já no segmento de vans, a Fiat emplacou 20.256 carros desde janeiro, respondendo por 41,8% das vendas do segmento. Em relação ao ano anterior, as vendas cresceram 42%, em parte alavancadas pelo bom desempenho do modelo Fiat Ducato, que foi líder do segmento em novembro e também na somatória dos últimos três meses (setembro, outubro e novembro).

O diretor do Brand Fiat para a América Latina e comercial Fiat Brasil, Herlander Zola, ressalta a conquista de maior fatia de mercado pela marca. “Avançamos de 13,2% de market share para 13,8%. Este crescimento representa uma importante conquista de mercado para a Fiat e vamos trabalhar para consolidar esta tendência de expansão das vendas e presença da marca”, analisa.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

IMSA: Derani vai em busca de mais um pódio neste domingo em Mid-Ohio

Brasileiro destaca características difíceis do traçado, mas segue confiante e embalado, ap…