O volume de financiamentos de veículos no Brasil somou 404.737 unidades em novembro. O resultado apresentou queda de 0,1% em relação ao mesmo período de 2015. Desse total, entre autos leves, motos e pesados, as unidades usadas tiveram melhor desempenho em relação às novas. No mês foram financiados 266.006 veículos usados, aumento de 12,3% ante novembro do ano passado, enquanto os novos somaram 138.731 unidades, recuo de 17,6%, na mesma base de comparação.
O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas.
As vendas financiadas por dia útil de autos leves novos avançou 7,9% em novembro em relação a outubro. Foi o melhor desempenho por dia útil do ano, disse Marcus Lavorato, gerente de Relações Institucionais da Cetip.
Entre os automóveis leves, foram financiadas 89.505 unidades novas em novembro, queda de 15,7% na comparação com o mesmo período do ano passado. Já as vendas a prazo de carros usados totalizaram 245.390 unidades, alta de 12,5% na mesma base de comparação.
Entre as faixas etárias dos autos leves, com exceção dos novos, todas apresentaram crescimento em relação a novembro de 2015. Os seminovos, com até 3 anos de uso, que até outubro mostravam queda nas vendas financiadas, avançaram 2,1% em novembro, na comparação com o mesmo período do ano passado, com 77.334 unidades negociadas.
Entre as modalidades de financiamento, a participação do CDC nas vendas financiadas passou de 81,7% para 83,1% em novembro de 2016, em relação ao mesmo mês do ano passado. A modalidade continua sendo a mais utilizada pelos consumidores. No período, foram vendidos a prazo 336.188 veículos por meio do CDC, aumento de 1,6% em relação ao mesmo período de 2015.
O levantamento também aponta que, considerando apenas os autos leves usados, a utilização do CDC aumentou 12,9% em novembro, ante o mesmo mês do ano passado, somando 217.953 unidades comercializadas a prazo. Já o consórcio cresceu 14,2%, na mesma base de comparação, com 25.054 carros vendidos a crédito.
O prazo médio de financiamento de autos leves com 9 a 12 anos de uso aumentou de 40,7 para 41,7 meses em novembro, em relação ao mesmo mês de 2015. Já o prazo para carros com mais de 12 anos recuou de 37,5 para 36 meses, na mesma base de comparação.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Programa de estágio da Hyundai tem vagas para São Paulo e Piracicaba

Prazo para se candidatar às vagas vai até 30 de novembro A Hyundai Motor Brasil está com i…