O volume de financiamento de veículos novos e usados no Piauí somou 5.007 unidades em novembro, recuo de 4,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Os dados incluem automóveis leves, motos e pesados, considerando unidades novas e usadas. O estado foi o único a registrar queda, na comparação anual, nas vendas financiadas de veículos no Nordeste. 
O levantamento é da B3, empresa resultante da combinação de atividades da BM&FBOVESPA, uma das maiores bolsas do mundo em valor de mercado, e a Cetip, maior depositária de títulos privados da América Latina. A B3 opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), base integrada de informações que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil. O SNG impede que o processo de financiamento de veículos seja suscetível a fraudes sistêmicas. 
Em novembro, as vendas a crédito de automóveis leves foram responsáveis por 65% do total financiado no estado, com 3.246 unidades negociadas. O volume mostrou recuo de 4,9% em relação ao mesmo mês do ano passado. Já os financiamentos de motos somaram 1.659 unidades no mês, queda de 7%, na mesma base de comparação. 
Em novembro, o Nordeste totalizou 72.254 veículos financiados, aumento de 8,7% em relação ao mesmo período de 2016. Ao somar 15.954 motos vendidas a crédito, a região manteve a vice-liderança no ranking de financiamentos da categoria em todo o Brasil, atrás do Sudeste.
O total de veículos financiados no Brasil em novembro somou 449.126 unidades, entre automóveis leves, motocicletas, pesados e outros, aumento de 11% em relação ao mesmo período de 2016. Desse total, as vendas a crédito de veículos novos atingiram 155.769 unidades, enquanto os usados chegaram a 293.357.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Você sabe qual a melhor maneira de transportar seu cachorro em viagens?

*Por René Rodrigues Júnior Dezembro é o mês das festas, das confraternizações, do verão e …