Vendas a crédito de novos e usados avançam no acumulado do ano, com destaque para financiamentos de caminhões e ônibus 0km, que cresceram 23,7% no período

No primeiro semestre de 2019, as vendas financiadas de veículos somaram 2.87 milhões de unidades, entre novas e usadas, incluindo autos leves, motos e pesados. Esse número representa um aumento de 9,1% em relação ao primeiro semestre do ano passado e engloba veículos novos e usados em todo o País. Desse total, 1.062.703 representam veículos novos – 9,7% a mais do que em 2018 – e 1.812.897, de usados, alta de 8,7% sobre o ano anterior.

Como ocorreu no primeiro trimestre, os números de 2019 até junho apontam que os financiamentos de veículos pesados foram um dos principais responsáveis pela alta. Neste grupo, foram financiadas 128.877 unidades, entre novas e usadas, nos primeiros seis meses do ano, alta de 23,47%, na comparação com o mesmo período de 2018, quando 104.226 veículos pesadosforam vendidos a crédito.

Os números são da B3, que opera o Sistema Nacional de Gravames (SNG), a maior base privada do País, que reúne o cadastro das restrições financeiras de veículos dados como garantia em operações de crédito em todo o Brasil.

Entre os automóveis leves, as vendas a crédito de zero quilômetro atingiram 635.310 veículos no primeiro semestre, alta de 5,3% sobre 2018; já as vendas de leves usados registraram crescimento de 8,2% na mesma base de comparação e somaram 1.655.888 unidades.

A quantidade de veículos financiados – incluindo novos e usados leves, motos e pesados – em junho de 2019 foi de 452.499 unidades, indicando uma alta de 9,6% em comparação com junho de 2018. Em junho de 2019, foram comercializados 360.672 autos leves, sendo 105.660 novos (alta de 9,4% sobre junho do ano anterior) e 255.012 autos usados (9,4% de alta sobre junho de 2018).

O Crédito Direto ao Consumidor (CDC) segue como a principal modalidade de crédito para financiar veículos no Brasil, represen tando no ano passado 86% das operações no primeiro semestre de 2019, um avanço de 11,1% em relação ao ano anterior – 2,47 milhões de unidades foram comercializadas por meio do CDC. As cotas contempladas, mas não quitadas, de consórcio representaram 12,3% das transações no mesmo período.

Em relação a faixa de uso, entre todos os leves comercializados a crédito no primeiro semestre de 2019, 635,3 mil são zero qu ilômetro, 316,4 mil têm até três anos de uso e 875,5 mil unidades somam entre quatro e oito anos de uso.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Financiamentos de veículos tem o maior volume em outubro desde 2014

Com mais de 569 mil unidades financiadas, 2019 tem o maior volume de financiamentos – cons…